Senador australiano defende banimento de animes que mostram abuso Infantil Até Goblin Slayer entrou na dança!

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
animes
©Stirling Griff

O senador australiano Stirling Griff recentemente entrou com um pedido de revisão de todos os animes e mangás atualmente disponíveis na Austrália. Durante um discurso no parlamento o político criticou animes como Eromanga-sensei, Goblin Slayer, Sword Art Online e No Game No Life, citando supostas situações em que as obras descrevem ”exploração infantil”.

O senador ainda descreveu animes como sendo “crianças de olhos arregalados, geralmente em uniformes escolares, envolvidas em atividades e poses sexuais explícitas, e muitas vezes sendo abusadas sexualmente”.

Confira alguns trechos das críticas do senador:

O senador criticou o Conselho Australiano de Classificação por classificar a mídia isoladamente do direito penal. Na Austrália, é ilegal produzir, possuir ou distribuir pornografia ou abuso de material que represente uma pessoa menor de 18 anos.

No Japão, representações fictícias como animes e mangás não são classificados como pornografia infantil.

O Senador irá mover uma ação pedindo o urgente banimento de animes e mangás que possuem abuso infantil.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of