Shingeki no Kyojin revive a inimizade entre Japão e Coreia Este artigo tem spoilers do episódio 70 da obra.

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Shingeki no Kyojin
©Shingeki no Kyojin

Após a transmissão do episódio número 70 de Shingeki no Kyojin, que corresponde ao episódio número 11 de Shingeki no Kyojin: The Final Season, uma polêmica surgiu nas redes sociais no Japão, que colocou os fãs sul-coreanos contra os japoneses. A situação foi desencadeada após uma postagem de Yuki Kaji, que interpreta Eren Yeager na franquia.

“Espero que algum dia todo mundo leia Shingeki no Kyojin. Mas também espero que eles olhem para isso. Eu realmente espero que isso dê a eles a chance de perceber algo.

Talvez o dublador não tivesse intenção de tocar no assunto e simplesmente deveria ter explicado mais, mas as respostas que começaram a inundar o post passaram a se referir à situação dos crimes de guerra. Por exemplo, uma publicação declarou: “Os criminosos de guerra devem sempre se lembrar de seus pecados e se arrepender. A história deve ser lembrada para que não se repita novamente. Se você esquecer seus pecados como os habitantes da Ilha de Paradis, então você se tornará um homem com as mesmas idéias de Eren.”

Postagens semelhantes começaram a preencher as respostas à postagem do dublador, até que finalmente uma acabou fazendo a comparação que muitos haviam pensado, mas ninguém havia escrito ainda. “Claro, quando vi a Gabi pensei imediatamente: “Droga! Ela age como uma coreana.”

Essa situação se refere ao momento em que Kaya repreende Gabi Braun pela morte de sua mãe há quatro anos. Gabi menciona que tudo se deve aos crimes que o Império Eldian cometeu vários séculos atrás, embora Kaya garanta que sua mãe nunca cometeu nenhuma atrocidade.

Esta situação foi comparada pelos japoneses com aquelas relacionadas ao ressentimento de alguns países asiáticos contra o Japão por seus crimes cometidos durante o expansionismo do Império do Japão, onde múltiplos crimes de guerra foram cometidos contra os países conquistados e anexados ao regime. Tanto a China quanto a Coreia do Sul são os países que mais se destacam nessas questões polêmicas, e aproveitam qualquer ocasião para culpar os japoneses por seus crimes no passado, mesmo que sejam acontecimentos de várias gerações atrás.

Sinopse:

“A história gira em torno de Eren Yeager em um mundo onde a humanidade vive rodeada por muralhas para se proteger dos Titãs. Mas Eren não sabe que a origem destes seres, esta repleta de mistérios e revelações…”

Mais sobre:

Yuichiro Hayashi (Dorohedoro, Garo the Animation, Kakegurui ambas as temporadas) está dirigindo o anime na MAPPA. Hiroshi Seko (franquia de anime Ajin, Vinland Saga, franquia Mob Psycho 100) está voltando para supervisionar os roteiros da série. Tomohiro Kishi (Dorohedoro, 91 Days) está projetando os personagens. Hiroyuki Sawano está voltando para compor a música, ao lado de Kohta Yamamoto (Blue Exorcist: Kyoto Saga, The Seven Deadly Sins: Revival of The Commandments).

Isayama lançou o mangá na Bessatsu Shonen Magazine em 2009 e conta com 28 volumes atualmente no Japão. A editora Panini é responsável pela publicação da série aqui no Brasil e atualmente está no 26º volume. 

O mangá original inspirou um anime, diversos mangás de spin-off e séries de novel, um projeto de um filme de duas partes feito em live-action, uma série spin-off para televisão em live-action, alguns OVAs e alguns jogos inspirados na obra.

A primeira temporada do anime foi ao ar de abril a setembro de 2013 e conteve 25 episódios, e foi transmitida simultaneamente pela Crunchyroll. A primeira temporada também inspirou dois filmes compilados, que saíram em 2014 e 2015. A segunda temporada estreou em abril de 2017 contendo 12 episódios. A terceira temporada do anime contou com 22 episódios. Dois dos mangás spin-off – Attack on Titan: No Regrets e Attack on Titan: Junior High – receberam adaptações para anime.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Lance lnc
Lance lnc
7 meses atrás

Sim! É muito saudável ser que nem a Gabi (ser nazista praticamente) e ter ranço por quem nunca fez nada contra ela. Saudável demais. Vamos todos sermos assim também. (pra quem é idiota isso tudo é sarcasmo)

Last edited 7 meses atrás by Lance lnc