Sony utilizará Funimation, Aniplex, Playstation entre outras para expandir os animes a nivel mundial A empresa mudará suas diretrizes e investirá mais neste meio

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Funimation
© Sony/ Aniplex/ Funimation

Um relatório proveniente de um site especializado na Ásia revelou que a Sony aproveitará a força combinada das empresas pertencentes à corporação para expandir seu compromisso com a anime no exterior.

O presidente da Sony, Kenichiro Yoshida, revelou num encontro estratégico a intenção da empresa de contribuir para o desenvolvimento e distribuição de anime japonês para o resto do mundo, já que o Anime é uma peça fundamental para a nova filosofia da empresa: “Uma só Sony”

Sony
©Sony

Uma das grandes apostas da Sony em anime é a Aniplex, que está por trás da produção de Kimetsu no Yaiba, um anime que se tornou um grande sucesso dentro e fora do Japão. Na verdade, a Aniplex hospedou recentemente um evento online que foi assistido por mais de 840.000 pessoas ao vivo e atingiu um total de 1,85 milhão de visualizações posteriormente, atraindo quase seis vezes mais pessoas que a “AnimeJapan“, o principal evento de anime no Japão que contou com 146.500 pessoas no ano passado.

A grande vantagem da empresa sobre seus concorrentes é o grande número de propriedades com as quais cobre diferentes setores da indústria do entretenimento; tendo Aniplex na produção e distribuição de anime, Playstation no desenvolvimento de consoles, serviços e videogames, Animax como o maior canal de anime do Japão, Funimation como uma das maiores plataformas de streaming dos Estados Unidos e que já está se expandindo para o resto do mundo e, claro, a Sony Music Entertainment, com uma gravadora exclusiva para canções de anime.

A estratégia da Sony é atacar em várias frentes, fornecendo uma ampla variedade de conteúdo de qualidade, combinando a força de suas subsidiárias para alcançar incursões vigorosas nos mercados internacionais. Embora muitos a conheçam principalmente por videogames, filmes e tecnologia; a verdade é que o anime está se tornando um dos pilares fundamentais do rendimento da corporação.

Um dos animes mais importantes para a expansão é com certeza Kimetsu no Yaiba, um dos animes de maior sucesso. O presidente da Aniplex, Atsuhiro Iwakami, quer fazer da série uma obra-prima que seja a prova do domínio da Aniplex na produção de anime, então a Sony reforçará sua popularidade lançando um filme e videogame inspirado na obra.

Masao Takiyama, presidente da Animax, disse que deseja que a empresa siga o modelo de negócios de Walt Disney, embora em menor escala. O sucesso da Disney depende de seu modelo de negócios multicanal, composto de filmes e séries apoiados por produtos relacionados e parques temáticos.

A Sony tradicionalmente concedeu às empresas do seu grupo corporativo uma grande liberdade no que diz respeito a conteúdo e serviços, mas essa filosofia resultou em algumas deficiências, pois suas unidades tendiam a comprar negócios no exterior sem qualquer coordenação.

Sony
©Kenichiro Yoshida

É por isso que haverá uma mudança organizacional radical marcada para abril de 2021, a Sony será renomeada como Grupo Sony, com todas as suas unidades seguindo na mesma direção. A empresa testará a eficácia de sua nova abordagem com sua incursão em larga escala na indústria de anime.

O presidente da corporação, Kenichiro Yoshida, define o objetivo da empresa como “impressionar o mundo com o poder da criatividade e da tecnologia”. A Sony espera que seus investimentos forneçam um ambiente ideal para a criação de muito mais conteúdo de anime, que possa ser apreciado por muito mais pessoas em todo o mundo. Da mesma forma, o seu recente investimento de $ 400 milhões na Bilibili visa estabelecer a presença da Sony no mercado de anime na China.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] Fonte: Aqui! Fonte […]