Uma música de garotas do ensino médio foi censurada por ‘atacar a igualdade’ Girl Power no Japão tem outro sentido...

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Japão
©Bang Dream

O portal japonês Jigensha publicou um artigo informando que uma música escrita e composta por um grupo de garotas do ensino médio acabou sendo cancelada pelo governo da prefeitura de Tottori. Segundo a reportagem, a música fazia uso do termo ‘Joshiryoku (Girl Power / 女子 力)’, que no Japão se refere à ‘mulher ideal’.

“Nos últimos anos, a Prefeitura de Tottori frequentemente interfere nos esforços dos municípios para promover a ‘igualdade’ e os ‘direitos humanos’. E agora, na cidade de Kurayoshi, província de Tottori, um oficial da prefeitura encarregado da igualdade de gênero discordou de algumas letras de uma banda feminina local, levando à retirada de CDs e vídeos do YouTube. Enquanto alguns pensavam que a letra talvez fosse racista, eles ficaram incomodados com o fato de ela mencionar ‘Joshiryoku (Girl Power)’ ”.

“Um artigo publicado no Nihonkai Shimbun em 22 de julho explicou mais sobre esta situação: “Uma frase de uma canção que se ouve nas escolas primárias e secundárias: ‘Joshiryoku’, teve que ser cancelada. Os promotores da igualdade de gênero apontam que a música está fomentando estereótipos em relação às mulheres. Um dos chefes da Unidade de Igualdade de Gênero da Prefeitura de Tottori apontou que a letra da música “Stamina Natto” tocada por uma banda de garotas do ensino médio da cidade de Kurayoshi foi proibida. A decisão foi tomada após considerar as cartas de protesto enviadas pela população, afirmando que ‘promove uma ideologia de estereotipagem das mulheres japonesas’.”

“No entanto, a música está realmente promovendo estereótipos das mulheres japonesas? Deste ponto podemos concluir três pontos: A música original foi executada pelas garotas locais com boas intenções, e não havia contrato externo que envolvesse remuneração; A reprodução da música fica a critério de cada ouvinte, ou seja, cada um escolhe se vai ouvi-la ou não; E por fim, não há quem reclame da música entre os alunos, professores e moradores do local. Na verdade, a letra original da música reconhece a diversidade entre homens e mulheres, denotando que seu conteúdo foi julgado prematuramente.”

Mas então surge uma pergunta: o que significa o conceito de ‘Joshiryoku’? O termo é usado no Japão para se referir ao ‘poder feminino’ ou ‘feminilidade’. Embora sua tradução em inglês seja ‘Girl Power‘, que denota que ‘uma garota pode fazer qualquer coisa’, no Japão significa o ‘papel’ que as mulheres ocupam na sociedade. No Japão, “girl power” não se refere a ser uma mulher forte e independente, mas a permanecer feminina de acordo com seus preceitos, que incluem saber cozinhar, estar na moda e saber cuidar de um homem.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments