Hayao Miyazaki: Título de seu último filme é revelado O diretor também confirma quanto tempo levará a produção do longa

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
Kimitachi wa Dou Ikiru ka
© Genzaburou Yoshino

A principal mente por trás dos trabalhos do estúdio Ghibli, o grande diretor Hayao Miyazaki (famoso por obras como O Castelo Animado, Meu Vizinho Totoro e o premiado A Viagem de Chihiro) revelou neste sábado o título de seu último longa-metragem animado. Além do título, informações sobre o tempo de produção foram divulgadas.

O nome do filme será Kimitachi wa Dou Ikiru ka (traduzido: Como Vocês vivem?), e, aparentemente, Hayao Miyazaki espera que o projeto leve entre três e quatro anos para ser completado. Logo, sua estreia deverá ser em 2020 ou 2021.

O título, segundo o próprio Miyazaki, deriva de uma obra publicada no ano de 1937, do escritor Genzaburou Yoshino (1899-1981).

Kimitachi wa Dou Ikiru ka conta uma história que tem um grande significado para o protagonista do próximo filme de Miyazaki. O livro de Yoshino, considerado por muitos como a sua obra-prima, conta a história de um jovem chamado Koperu e seu tio. Conforme Koperu cresce espiritualmente, discussões sobre como devemos viver a vida como seres humanos são trazidas à tona.

Hayao Miyazaki
© Hayao Miyazaki

Mais:

Hayao Miyazaki começou a trabalhar nos primeiros storyboards de seu último filme em julho de 2016. Na época, o projeto nem ao menos tinha sinal verde de produção. A princípio a ideia era de terminar o longa em 2019, antes das Olimpíadas em Tóquio em 2020. Entretanto, em abril deste ano, Toshio Suzuki, produtor do filme de Miyazaki, confirmou que trabalhar com um prazo apertado desses seria simplesmente impossível, e que o filme teria de ser adiado.

Mais informações sobre o último filme de Hayao Miyazaki deverão ser liberadas aos poucos, pelo próprio diretor e pelo produtor Toshio Suzuki.

 

FONTE: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.