Koi to Uso – Mangá retorna para começar com seus finais diferentes Qual vai ser o melhor final?

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Koi to Uso
©Koi to Uso

O serviço japonês Manga Box divulgou um comunicado a respeito da retomada do mangá escrito e ilustrado por Musawo Tsumugi, Koi to Uso (Love and Lies), que está em suspensão por tempo indeterminado desde abril deste ano. Deve-se notar que este trabalho terá dois finais diferentes, um com Misaki Takasaki e outro com Ririna Sanada, e a declaração escreve:

“[Aviso de retomada da serialização de “Koi to Uso”] Está suspensa desde abril deste ano, mas a retomada de “Koi to Uso” está prevista para domingo, 5 de dezembro de 2021. A partir dessa data, uma versão reeditada da história principal será lançada do capítulo 265 até o final. As histórias de “Misaki Takasaki” e “Ririna Sanada” serão atualizadas semanalmente. (Todos os itens a seguir se referem ao serviço Manga Box, no Japão) Devido ao processo de reedição, o capítulo 265 não estará disponível até 4 de dezembro. Também temos o prazer de anunciar a retomada da série. A partir de hoje, você pode ler os primeiros 264 capítulos da história principal “Koi to Uso” no serviço Manga Box. Aproveite para reler e curtir o final da história.”

Sinopse:

“Em um futuro em que o Japão luta para combater sua baixa taxa de natalidade, o governo japonês implementa a “Lei Yukari”: um sistema de casamento baseado na compatibilidade genética para crianças que completaram 16 anos. Aclamada como “The Red Threads of Science”, é uma política bem aceita, prometendo uma vida gratificante para aqueles que obedecem e penalizando aqueles que desafiam.

Com quase 16 anos, o tempo é curto para Yukari Nejima. Ele decide então confessar sua paixão pela bela e popular Misaki Takasaki, de quem ele gosta há cinco anos. Para sua surpresa, Misaki retribui seus sentimentos. Mas assim que a dupla está compartilhando um momento íntimo, Yukari recebe sua notificação do governo. Ele vai se casar com sua parceira designada pelo governo, a rude Ririna “Snooty” Sanada, e agora é lançado em um mundo de amor e mentiras, enquanto se apega desesperadamente a seus sentimentos.”

Mais sobre:

Tsumugi começou a publicar o mangá no site Manga Box da editora Kodansha em agosto de 2014. A editora publicou o décimo volume compilado em 9 de março, seguido pelo décimo primeiro em 11 de dezembro no Japão. A obra ultrapassou recentemente os 2,6 milhões de cópias acumuladas em circulação.

A obra inspirou uma adaptação de anime de doze episódios produzida pela LIDEN FILMS Studios, dirigida por Seiki Takuno e roteiros escritos por Natsuko Takahashi, lançada em julho de 2017. Esta produção foi seguida por um OVA de dois episódios lançado em novembro de 2017 e 2018. Além disso, um filme live-action foi produzido no Japão e lançado em outubro de 2017.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.