Koi to Uso – Mangá terá dois finais diferentes Para não desagradar ninguém, vamos de dois finais então.....

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Koi to Uso
© Koi to Uso

Em 18 de abril no Japão, Musawo Tsumugi anunciou que o mangá Koi to Uso (Love and Lies) entrará em um hiato indefinido devido ao extenso trabalho em seus manuscritos. Segundo o comunicado, o mangá terá dois finais distintos, um com Misaki Takasaki e outro com Ririna Sanada, e a autora disse que fará uma pausa no trabalho para oferecer o melhor desenvolvimento possível para cada percurso.

O comunicado dizia: “Para os leitores de Koi to Uso, finalmente cheguei ao ponto em que posso revelar a vocês os planos para o final da obra, que eu havia decidido antes da adaptação animada. Já faz muito tempo desde então! Quero oferecer-lhe a oportunidade de ver concretizadas as duas rotas possíveis sem serem melhores que a outra, por isso demorarei algum tempo a prepará-las de forma adequada. Vou fazer o possível para entregá-lo o mais rápido possível, então espero que você possa esperar por mim!

Sinopse:

“Em um futuro em que o Japão luta para combater sua baixa taxa de natalidade, o governo japonês implementa a “Lei Yukari”: um sistema de casamento baseado na compatibilidade genética para crianças que completaram 16 anos. Aclamada como “The Red Threads of Science”, é uma política bem aceita, prometendo uma vida gratificante para aqueles que obedecem e penalizando aqueles que desafiam.

Com quase 16 anos, o tempo é curto para Yukari Nejima. Ele decide então confessar sua paixão pela bela e popular Misaki Takasaki, de quem ele gosta há cinco anos. Para sua surpresa, Misaki retribui seus sentimentos. Mas assim que a dupla está compartilhando um momento íntimo, Yukari recebe sua notificação do governo. Ele vai se casar com sua parceira designada pelo governo, a rude Ririna “Snooty” Sanada, e agora é lançado em um mundo de amor e mentiras, enquanto se apega desesperadamente a seus sentimentos.”

Mais sobre:

Tsumugi começou a publicar o mangá no site Manga Box da editora Kodansha em agosto de 2014. A editora publicou o décimo volume compilado em 9 de março, seguido pelo décimo primeiro em 11 de dezembro no Japão. A obra ultrapassou recentemente os 2,6 milhões de cópias acumuladas em circulação.

A obra inspirou uma adaptação de anime de doze episódios produzida pela LIDEN FILMS Studios, dirigida por Seiki Takuno e roteiros escritos por Natsuko Takahashi, lançada em julho de 2017. Esta produção foi seguida por um OVA de dois episódios lançado em novembro de 2017. 2018. Além disso, um filme live-action foi produzido no Japão e lançado em outubro de 2017.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments