Ousama Ranking – Mangá em inglês é suspendido por roubar traduções de fãs A editora usou um tradutor terceirizado

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Ousama Ranking
©Ousama Ranking

A editora de e-books BookLive anunciou no final de março que suspendeu a distribuição da versão em inglês do mangá escrito e ilustrado por Sousuke Touka, Ousama Ranking (Ranking of Kings), e está em processo de retradução da série. A BookLive começou a distribuir os primeiros sete volumes do mangá em inglês em 18 de fevereiro, mas os leitores apontaram erros de digitação e traduções impróprias. Os clientes que já compraram os livros em inglês poderão baixar a versão retraduzida gratuitamente quando ela for recarregada.

Foi assim que a situação foi explicada ‘oficialmente’, mas na realidade a suspensão foi realizada porque foi exposto que eles tiraram as traduções dos scanlators (grupos de usuários que obtêm scans do mangá e os traduzem), ou seja, eles copiaram o que os fãs traduziram ilegalmente e publicaram em papel. Um site especializado explicou a esse respeito:

“Mais uma vez, encontramos uma empresa que pode facilmente pagar mais por um produto de qualidade, mas mesmo assim decide tentar o caminho mais barato. Ao contratar uma agência, a BookLive certamente economizou dinheiro. E pode ter certeza que a agência Digital Dragon não pagou um bom salário ao tradutor. Parece que a agência contrata talentos indonésios. Ouvi dizer que as agências pagam aos tradutores que vivem em países de primeiro mundo 100 ienes por página, o que basicamente não é nada. E como o custo de vida na Indonésia é extremamente baixo, não me surpreenderia se a agência pagasse uma fração disso ao tradutor da República da Coreia. Não é à toa que o tradutor não deu a mínima para o trabalho e se contentou em copiar a já terrível scanlation. É uma situação triste e patética no geral.”

“BookLive poderia ter contratado um tradutor respeitável que tivesse uma boa contagem de páginas e currículo. Sim, teria custado muito mais. Mas qual é o custo real da má decisão do BookLive? Estou disposto a apostar que a maioria dos leitores de mangá ingleses nunca ouviu falar do BookLive, e agora seu primeiro encontro com a empresa é esta notícia embaraçosa. Acho que todos deveriam dar uma olhada no documento que Katrina Leonoudakis fez comparando as versões do BookLive e as scanlations linha por linha, porque realmente mostra o quão mal o tradutor desta série se saiu.”

A tradutora acima mencionada, Katrina Leonoudakis, comentou sobre isso:

Digitei e examinei manualmente todas as 826 linhas de diálogo do volume 1 do Ousama Ranking para comparar a versão oficial com a digitalizada anteriormente. 42% de todos os diálogos do capítulo 1-3 da “tradução” oficial são extraídos diretamente da scanlation”, confirmando assim o “suposto plágio”. É mencionado como alegado, pois a tradução dos fãs é feita ilegalmente, portanto, não é realmente protegida por direitos autorais.

Ousama Ranking
©Ousama Ranking

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.