Promised Neverland – Mangá é nominado ao premio Tezuka Osamu Cultural A obra teve sua segunda indicação ao prêmio

Ana Paula
(redatora de noticias)
Tezuka Osamu Cultural
Promissed Neverland

O jornal japones Asahi Shimbun anunciou os 11 indicados para o 23º prêmio Tezuka Osamu Cultural. Os prêmios comemoram as contribuições do mangaká pioneiro, Osamu Tezuka (Astro Boy / Mighty Atom, Kimba The White Lion / Jungle Emperor, Phoenix, Black Jack), reconhecendo os mangás que melhor seguem sua tradição.

O mangá que ganhou uma adaptação para anime neste inverno e esta fazendo um grande sucesso, The Promissed Neverland, teve sua segunda indicação nos prêmios.

Confira a lista completa dos indicados:

  1. Areyo Hoshikuzu
    Autor: Sansuke Yamada
    Editora: Kadokawa
  2. Umimachi Diary
    Autor: Akimi Yoshida
    Editora: Shogakukan
  3. Astra Lost in Space
    Autor: Kenta Shinohara
    Editora: Shueisha
  4. Kenkō de Bunkateki na Saitei Gendo no Seikatsu
    Autor: Haruko Kashiwagi
    Editora: Shogakukan
  5. Sayonara Miniskirt
    Autor: Aoi Makino
    Editora: Shueisha
  6. Sono Ko, Jiruba
    Autor: Shinobu Arima
    Editora: Shogakukan
  7. Daru-chan
    Autor: Remon Haruna
    Editora: Shogakukan
  8. Nagi no Oitoma
    Autor: Misato Konari
    Editora: Akita Shoten
  9. Fragile – Byōrii Kishi Keiichirō no Shoken
    Autor: Bin Kusamizu, Saburō Megumi
    Editora: Kodansha
  10. Mashiro no Oto
    Autor: Marimo Ragawa
    Editora: Kodansha
  11. The Promised Neverland
    Autor: Kaiu ShiraiPosuka Demizu
    Editora: Shueisha

Mais sobre:

O comitê do Tezuka Osamu Cultural deste ano selecionou os nomeados através de títulos recomendados por especialistas e funcionários de livrarias. Para ser elegível, o mangá teve que ter um volume compilado publicado em 2018.

Esta é a quarta nomeação de Umimachi Diary, de Yoshida (o mangá foi indicado em 2008, 2009 e 2011), e a segunda indicação consecutiva de Shirai e The Promissed Neverland.

O Asahi Shimbun anunciará os vencedores no final de abril e realizará uma cerimônia de premiação em Tóquio no dia 6 de junho.

No ano passado Golden Kamuy ,de Satoru Noda, ganhou o prêmio principal. BEASTARS, de Paru Itagaki, ganhou o prêmio de Novo Criador, e Oya-san to Boku, de Tarō Yabe, ganhou o de Short Work.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.