Tokyo Revengers foi inspirado nos conceitos de Re: Zero e Erased O autor se inspirou nas duas histórias para criar a sua própria

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Tokyo Revengers
©Tokyo Revengers

O portal japonês Yahoo! News Japan publicou um artigo intitulado “Mais de 15 milhões de cópias foram impressas em pouco mais de meio ano. Por que ‘Tokyo Revengers‘ está em alta agora?”, onde o editor do mangá comentou sobre o início da franquia e os trabalhos que inspiraram a criação da história original.

A adaptação animada está atualmente no ar e o filme de live-action “Tokyo Revengers” foi lançado em 9 de julho. O trabalho original escrito por Ken Wakui foi publicado na Weekly Shonen Magazine e tinha 7 milhões de cópias em circulação quando lançou seu 21º volume antes da estreia do anime, mas agora aumentou para 23 milhões.

Não obstante. Tokyo Revengers alcançou seu sucesso espontaneamente graças à adaptação do anime. Então, como ficou tão popular hoje? Perguntamos a Tsuchiya-san do departamento editorial da Weekly Shonen Magazine sobre isso, que está envolvido nesta franquia literária desde o seu início.

Ken Wakui é reconhecido como o autor de Shinjuku Swan, que publicou na Young Magazine. No entanto, em 2015, Wakui mudou da Young Magazine para a Weekly Shonen Magazine. Ou seja, passou de um grupo demográfico seinen para um shonen. Embora passar de “shonen para seinen” seja bastante comum, é muito raro alguém fazer o contrário. Assim, “Tokyo Revengers, que começou a ser publicado em 2017, foi seu segundo trabalho após sua transferência.””

Tsuchiya, editor do mangá Tokyo Revengers, comentou sobre isso:

“Wakui-san tinha toda a intenção de que seu novo trabalho fosse adaptado para anime. No entanto, existem poucos mangás sobre gangues que foram animados, então meu sensei e eu tivemos que debater ideias. Naquela época, tanto “Re: Zero Kara Hajimeru Isekai Seikatsu” e “Boku dake ga Inai Machi (Erased)” eram populares, então pensamos: “Por que não colocamos os dois juntos? Gangues e viagens no tempo”. A partir desse ponto, criamos um esboço de como seria a história, combinando um mangá de gangue com uma história de viagem no tempo. “

Sinopse:

Assistindo ao noticiário, Takemichi Hanagaki descobre que sua namorada Hinata Tachibana, desde o início do ensino médio, morreu. A única namorada que ele teve acabou de ser morta por um grupo conhecido como Tokyo Manji Gang. Ele mora em um apartamento de baixa qualidade com paredes finas, e seu chefe seis anos mais novo o trata como um idiota. No fundo do poço, ele de repente salta doze anos de volta para seus dias de escola secundária. Para salvar Hinata e mudar a vida que ele passou fugindo, o desesperado Takemichi deve tentar chegar ao topo da mais sinistra gangue delinquente de Kanto.

Mais sobre:

Wakui lançou o mangá na revista Weekly Shounen Jump da Kodansha em março de 2017, e a Kodansha publicará o vigésimo livro compilado do mangá em 17 de dezembro.

Warner Bros. Japan está fazendo um filme live-action do mangá, que estava programado para estrear no Japão em 9 de outubro, mas agora vai estrear em 2021. Tsutomu Hanabusa (Kakegurui Live-Action, Miseinen dakedo Kodomo ja Nai) está dirigindo o filme. A produção começou a ser filmada no inverno passado, mas interrompeu a filmagem em abril para priorizar a saúde do elenco e da equipe técnica.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments