Grancrest Senki | EP 3 – Quanta informação! A misteriosa Siluca colocou suas cartas no jogo? Theo seguirá surpreendendo aos telespectadores?

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
©A-1 Pictures/Ryo Mizuno

Grancrest Senki | Episódio 3 – Estandarte 

Atenção! É a palavra essencial para você assistir ao terceiro episódio desse anime. Muita coisa acontece, informações circulam, logo, nem pense em piscar. De toda maneira, isso poderia ser um ponto ruim; correria. Sobretudo, o diretor do episódio conseguiu passar de uma maneira concisa os pontos chave. Obviamente, algumas situações não foram resolvidas de uma maneira decente, mas isso não chega a ser uma dor de cabeça.

Siluca continua misteriosa, camuflando seus reais interesses. Afinal, ela simplesmente adotou um nobre desde o primeiro episódio e vem o usando para esquematizar seus movimentos. Logo nos primeiros minutos, uma sacerdotista chega para cumprimentar Theo, porém, é barrada por Siluca. Ciúmes? Boa pergunta. Durante uma conversa, a maga é questionada sobre o motivo de não estar respeitando a vontade de Theo. Às vezes, o enredo te leva a duvidar dela, porém, faz contraste logo em seguida mostrando outra coisa.

©A-1 Pictures/Ryo Mizuno

Há um “shipping moment” de leve, porém, o mesmo é interrompido por um ataque de um demônio do caos na cidade. É aqui que Theo mostra estar crescendo. No episódio um, eu achei que ele seria um protagonista fraco de personalidade. Entretanto, desde o episódio dois, ele vem ganhando mais créditos com o público. Sua atitude de defender o povo e, claro, Siluca; foram o recheio do bolo nos meados do episódio.

©A-1 Pictures/Ryo Mizuno

A correria levou a uma batalha

Mal saímos de uma situação e já caímos em outra. Siluca havia se recuperado, porém, o rei de Savis recusa reconhecer a independência de Theo, assim, prepara tropas para ataca-lo. Quando piscamos os olhos, todos já estão no campo de batalha. Mais uma vez, Theo ganhou empatia com seus aliados, ao provar lealdade com seu estandarte. O povo decide ajudar, começamos uma batalha, que, rapidamente é concluída.

©A-1 Pictures/Ryo Mizuno | Melhor cena do episódio

Pior dessa situação é que Siluca, mais uma vez, mostrou outro lado. Em uma conversa de negociação, seu sorriso de satisfação com a aliança em avaliação, deu uma dupla interpretação. Verdadeiramente falando, não sabemos as reais intenções da maga. Não acho que seja algo maligno ou coisa do gênero, porém, há alguma coisa por trás desse interesse.

A correria deixou coisas mal-explicadas

Se contabilizarmos os eventos desde o início, vinte minutos foram poucos demais. O estúdio A-1 Pictures mostrar tanta informação assim de uma vez é algo meio incomum. Por exemplo, aquela sacerdotisa que eu mencionei, aparece no início do episódio e, do nada, volta ajudando Theo depois no caso do demônio e na batalha. Situação perigosa, acho melhor eles colocarem o pé no freio e evitar jogar tanta coisa na tela de uma vez.

Por um lado é bom, pois o episódio não fica monótono. Por outro, ruim, uma vez que, as situações são resolvidas de maneira rápida e simples, ou seja, não são abordadas corretamente.

©A-1 Pictures/Ryo Mizuno | A sacerdotista que volta do nada.

Espero que nos próximos episódios, tenhamos mais calma nas informações. Tirando a correria, hoje foi bom. Esse anime tem muito a nos entreter ainda. E você, caro leitor? O que achou do episódio? Deixe sua nota nas estrelinhas e, se possível, um comentário. Vamos participar juntos da discussão! Vou ficando por aqui, até a semana que vem.

Grancrest Senki tem um episódio inédito toda sexta-feira às 14h30 no Crunchyroll.

Nota: A – Ótimo

Observação: Já leu a todas as Reviews de nosso site? Provavelmente, há aquela que você não viu ainda. Visite nosso índice e descubra – Lista de Reviews

Qual nota você dá a esse episódio de Grancrest Senki?
  • Média da redação
4

Resumo

O que achou, caro leitor? Deixe sua nota!

Sending
User Review
4.33 (12 votes)
SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.