Primeiras Impressões: Tokyo Ghoul: re – Segunda Temporada

Leticia Santana
(Redatora de Blog)
©Pierrot/Ishida

Tokyo Ghoul: re – Segunda Temporada – Ficha Técnica

Gênero: Ação, Drama, Terror, Mistério, Psicológico, Seinen, Sobrenatural

Estúdio: Studio Pierrot

Baseado em: Mangá

Diretor: Odahiro Watanabe

Data de Estreia: 09/10/2018

Parte Técnica

Tokyo Ghoul: re – Temporada 2, escrita por Sui Ishida, e sob direção de Odahiro Watanabe, está bem distante dos seus dias de glória.

A direção do anime, infelizmente, continua se mostrando ineficiente, com cortes horríveis de cena, quadros estáticos, péssima fluidez, e movimentação dos personagens, e um roteiro extremamente rushado (cada episódio corresponde a mais ou menos dez capítulos do mangá). A única coisa minimamente aceitável, no que se refere à parte técnica, são os traços dos personagens, que a meu ver, continuam muito bonitos (destaque para os olhos, os quais apresentam um brilho e uma intensidade envolvente).

Sobre o Enredo

Quanto ao episódio em si, para aqueles que apenas acompanham o anime, as notícias também não são boas, pois o mesmo se apresenta altamente confuso, lotado de informações e detalhes importantíssimos para o entendimento do público, jogadas de qualquer jeito, e sem qualquer explicação (e infelizmente acredito que assim irá se manter, se tomarmos como exemplo a primeira parte do anime, apresentado na Temporada de Primavera desse ano). Ou seja, o que nos é mostrado é a continuação de uma batalha entre humanos e ghouls, mas sem deixar claro quando e onde começou. É uma confusão só.

Expectativas

Por fim, para não dizer que nada me agradou durante o episódio, ver a quarta personalidade de Kaneki Ken mais fria, misteriosa, e segura de si, para uma fã de Tokyo Ghoul, não tem preço. Além do fato de agora ter o nosso amado protagonista de volta, consciente de sua identidade (Kaneki), em um misto maravilhoso de alter egos, cheio de confusão, e questionamentos internos, que é o que mais amamos no personagem, mas que infelizmente, devido a uma direção pobre, e uma adaptação corrida, não será possível apreciar da forma que deve ser.

É amigos, o jeito mesmo é correr para o mangá.

Tokyo Ghoul: re  está em simulcast pelo serviço de streaming Amazon Prime.

Nota: 3/5 – Mediano

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  • Pcburilli

    A mano.. eu tbm acho que n tá aquelas coisas mais pelo menos já estou esperando ansioso para o segundo episódio, mesmo n entendo quase nada.. bem.. infelizmente n tenho dinheiro pro mangá 🙁

    • Letícia Santana de Sousa

      Pois é. Tá difícil, mas pelo menos a gente vai ter a finalização da obra.