Primeiras Impressões: Great pretender Um anime que pretendia grandes coisas,mas não as alcançou.....

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Great Pretender
©Great Pretender

Ficha Técnica – Great Pretender

Gênero:  Ação
Estúdio: Wit Studio
Origem: Original
Data de estreia: 02/06 (Netflix do Japão)

Great Pretender chegou como um exclusivo da Netflix no Japão no dia 02/06, o anime será lançado mundialmente pelo serviço posteriormente, mas sem data prevista ainda. O mesmo vem com uma história pouco explorada nas obras japonesas e de certo modo bem ocidentalizado já que o tema abordado também faz mais parte da cultura ocidental.

Até mesmo a língua inglesa foi bastante usada, principalmente na primeira metade do primeiro episódio, até os animadores perceberem que daria um trabalho enorme legendar tudo e, com um tom humorístico, dizerem que iriam “dublar” as falas para o japonês.

Mas as referências ocidentais não param por aí. Os traços do anime também lembram muito os cartoons americanos, deixando um pouco de lado o capricho dos traços japoneses e substituindo por um design à la Hanna Barbera.

O enredo em si não é dos que mais me chamam a atenção. A história fica entre o humor e a ação sem pender pra nenhum dos dois lados e sem se definir muito bem, estragando um pouco a experiência do espectador.

Great Pretender
©Great Pretender

Sinopse:

Makoto Edamura é supostamente o maior vigarista do Japão. Juntamente com seu parceiro Kudo, eles tentam enganar um francês em Asakusa, mas inesperadamente são enganados. O francês, a quem eles tentaram enganar, acaba por ser Laurent Thierry – um “homem de confiança” de nível muito mais alto, no controle das máfias. Edamura ainda está para descobrir que destino o espera, depois de se envolver nos empregos sujos do francês …!

Great Pretender
©Great Pretender

Expectativas:

Este com certeza não será um dos animes mais aclamados, mas é uma boa obra para se passar o tempo e colocar mais um anime na sua lista. Para quem gosta de histórias com máfias e bandidos que acabam se dando mal de uma forma engraçada vai gostar deste anime. Mas na minha opinião o melhor dele é a sua ending com a canção do falecido vocalista do Queen, Freddie Mercury, que vale muito a pena conferir!

Nota: 4,0/5,0

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

4
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
MichiJoséVenusCyc Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Cyc
Visitante
Cyc

A premissa é interessante, mas fiquei desapontado com o anime por conta da direção. Algo extremamente importante a considerar todo o contexto além do protagonista não ser um dos melhores, classificação indicativa 12 anos mas foi colocado como 18 por conta nudez que nem é lá essas coisas enfim…
Se quiser assistir assista! Mas com certeza não vai entrar na minha lista

José
Visitante
José

da uma sugada

Venus
Visitante
Venus

Eu achei o anime incrível, imprevisível, tanto que terminei ele em um dia só! Ele entretém sim e tem coração, a história é descontraída, mas tem seus dramas, cada personagem tem seu background e isso foi bem interessante. Não é só mais um anime de máfia, também é certeza que não vai ficar no topo da temporada, mas já é um dos meus favoritos 😉

Michi
Visitante
Michi

Honestamente um dos melhores animes que já vi. Sem clichês enjoativos ou 3ds esquisitos. As cores são muito bonitas.
Os personagens são cativantes e charmosos, trilha sonora boa. Sem robôs ou piadas h sem graça e nada daqueles tipos de dere que brocham qualquer anime..
A classificação de 18 anos creio que seria mais por conta das drogas no primeiro ato. Um assunto meio tabu ainda para animes em geral..
Achei hilária a encheção de saco com o sotaque do principal pois os japoneses são famosos pelo “engrish”.
Foi um anime que me surpreendeu e muito positivamente.