Review: Sword Art Online II A continuação da febre chamada SAO traz um novo desafio para Kirito.

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
©A-1 Pictures/Reki Kawahara

Sword Art Online II – Ficha Técnica 

Gênero: Ação, Aventura, Fantasia
Estúdio: A-1 Pictures
Baseado em: Light Novel
Número de Episódios: 25 (24 em algumas listas)
Estreia: 2014

SINOPSE
Algum tempo depois do incidente de SAO, Kirito recebe um pedido de ajuda de Seijiro Kikuoka, um membro do Ministério do Japão de Assuntos Internos e Comunicações (Divisão VR). O assunto era uma investigação sobre o incidente “Death Gun”, que ocorreu em um VRMMO famoso chamado Gun Gale Online (GGO). Os jogadores que sofrem um tiro por esse avatar misterioso perdem a vida, mesmo no mundo real.

Convencido de que isso não seria possível, nosso protagonista aceita o pedido de Kikuouka. Kirito vagueia em um mundo desconhecido com único propósito. Obter alguma pista sobre o tal assassino. Contudo, uma franco-atiradora chamada Sinon, que possui um gigantesco rifle chamado “Hecate II”, estende ao namorado de Asuna uma mão amiga. Com a ajuda de Sinon, Kirito decide entrar no “Bullet of Bullets” (BoB), um grande torneio para escolher o jogador mais poderoso dentro do reino de GGO, na esperança de se tornar o alvo do “Death Gun” e fazer contato direto com esse misterioso avatar.

POR QUE GOSTEI?
A obra foi um pouco contestada e ainda é. Porém, existem muitos pontos positivos e que me agradaram em SAO II. O primeiro e principal deles é a personagem Asada Shino (Sinon). Conseguiram dar um desenvolvimento muito interessante para a garota. Com um passado de princípio obscuro, aos poucos vamos conhecendo o que levou Asada a jogar GGO e o que tanto a aflige. Acho que todos ficamos surpresos ao descobrir o que ela fez de tão grave quando era criança. Seu relacionamento com Kirito também proporciona ao telespectador alguns momentos cômicos e até mesmo “irritantes” para quem “shippa” o rapaz com a Asuna.

©A-1 Pictures/Reki Kawahara

O que me levou a gostar da obra também foi o Kirito sabendo lidar com os acasos. Afinal, não é todo dia que você vê alguém usar uma espada em um FPS. Sem falar no Plot Twist relacionado ao Death Gun, confesso que gostei bastante desse vilão. No fim das contas o passado conecta tudo. Somente vendo vocês irão entender. A segunda parte do Anime também foi interessante, em especial o arco “Calibur”, que nos proporcionou aquela resenha maravilhosa.

O QUE NÃO GOSTEI?
Houve um furo em especial que eu fiquei decepcionado por ter ficado solto. O caso do Death Gun ficou meio disperso. Quem já viu o anime sabe do que eu estou falando, no fim das contas ficamos curiosos em relação a esse vilão. Outro detalhe é o sumiço de algumas personagens em certo ponto da história. Nos episódios finais temos um foco diferente e algumas pessoas ficaram ausentes. Não que isso tenha sido o fim do mundo, contudo, senti falta de certas pessoas.

MELHORES MOMENTOS
Atenção leitor! Esse trecho contém spoilers do enredo. Caso não queira ser afetado pule para o tópico “Curiosidades”. 

Depois do aviso de Spoilers vamos lá! Vou destacar alguns momentos em especial nesse enredo, pois quero passar o mínimo de spoiler possível. Em primeiro lugar é todo o torneio BoB. Desde o início, a competição provoca expectativa no telespectador e te leva a querer prosseguir vendo para saber o que está para acontecer. Acho que o ápice foi quando Sinon e Death Gun trocaram dois tiros certeiros de seus rifles. QUE CENA!

©A-1 Pictures/Reki Kawahara

Em segunda instância, quando nosso protagonista chega bem na hora de salvar Asada daquele sádico do “amigo” dela. Aquela joelhada de Kazuto foi sensacional, parecia até um lutador de UFC! Seguindo com os momentos, temos um “shipping moment” bem no meio do arco Calibur. No momento em que Kirito consegue a lendária espada pelas mãos de Sinon, ela vira a ele com a seguinte frase: “Você pode ficar com ela. Desde que sempre quando usar, você se lembre de mim em seu coração!” AHHH Pirei!

©A-1 Pictures/Reki Kawahara

Vamos a mais dois momentos. No arco Mother’s Rosario, quando Asuna está ajudando Yuuki e sua equipe a derrotar um Boss, Kirito simplesmente enfrenta muitos homens. O objetivo era impedir que as outras equipes roubassem a glória dos “Sleep Knights”. E para encerrar, toda a força que Asuna reuniu para poder ajudar Yuuki. Tanto no mundo real, quanto no virtual. Foi bem emocionante!

CURIOSIDADES 
Na ficha técnica mencionei que o anime em alguns lugares aparece com 25 episódios e em outros com 24. Isso é por causa do episódio “Debriefing”. Em alguns sites, esse episódio é considerado um especial e recebe a numeração 14.5. Isso se deve ao fato do plot ser basicamente um resumo de tudo o que havia acontecido até aquele momento. Por isso, se forem procurar o anime para ver fiquem espertos.

©A-1 Pictures/Reki Kawahara

CONCLUSÃO 
Se você ainda não viu a continuação dessa obra, vale a pena uma pipoquinha e uma maratona de fim de semana. O anime está disponível na Netflix e no Crunchyroll. Então, está esperando o que?! Aos que já assistiram, o que acharam?! Um grande abraço a todos.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Hiago B Delchiaro
4 anos atrás

Esse review ficou bom demais, deu até vontade de ver denovo hahahaha
Me identifiquei muito com o trecho em que vc fala que a Sinon pode ser irritante, como um adorador do casal Kirito + Asuna, eu tive vontade de acabar com a Sinon váááriasss vezes hahahahaha

rafael dos santos
rafael dos santos
4 anos atrás

foda

wesley
wesley
4 anos atrás

ficou muito bom