1 Surpresa e 1 Decepção da Temporada de Verão 2019 Venha descobrir mais sobre esses animes e os motivos...

Gabriel Barcelos
(Redator do Blog)
Cop Craft e Arifureta
©Cop Craft/ Arifureta

Há pouco mais de 2 semanas demos início a mais uma temporada de animes, a de Verão 2019, com ela veio dezenas de novos animes e continuações. Como de costume nem todos se saem como o esperado, surpreendendo tanto positivamente quanto negativamente, e hoje iremos explorar justamente essas surpresas, traremos 1 anime que me surpreendeu positivamente e outro que me surpreendeu negativamente. Venha saber quais foram e por quais motivos.

Cop Craft:

Cop Craft
©Cop Craft

Sinopse: Há 15 anos, um portal hiperespacial desconhecido apareceu no Oceano Pacífico e ele se conecta a um misterioso mundo que ficou conhecido como “Leto Semani”, onde fadas e goblins vivem. Com o passar do tempo, mais de dois milhões de imigrantes de ambos os mundos estão vivendo na cidade de Sun Teresa, que abriga várias raças e culturas diversificadas. No entanto, muitos crimes estão se espalhando nas sombras de toda essa agitação: drogas, prostituição e tráfico de armas. Na força policial de Sun Teresa existem detetives que defendem a cidade contra esses crimes hediondos. O oficial Kei Matoba e Tilarna, uma cavaleira do outro mundo, são diferentes em gênero, personalidade e nos mundos em que nasceram. Quando os dois se encontram, o caso acontece. Dois mundos, duas justiças e além disso… Uma ação policial dessa parceria começa!

Surpresa Positiva:

Esse anime com certeza não chamou a atenção de muitos telespectadores, o motivo, bom, existem vários, mas creio eu, que o mais evidente seja o estúdio e o diretor escalados para o anime. Ambos foram os responsáveis pela desastrosa adaptação de Berserk 2016, estamos falando do estúdio Millepensee e do diretor Shi Itagaki.

Para quem conhece o mangá de Berserk, sabe que ele é bem dark, cheio de violência e possui uma arte bem singular, por isso mesmo, se pode imaginar que não seria fácil fazer uma adaptação tão boa quanto se almeja.

Mas a adaptação de 2016 veio para ser o extremo oposto, animação em CG (que já é ruim) da pior qualidade, história bem confusa, já começando em um arco a frente, sendo que a lógica seria começar do início, e mesmo partindo do arco a frente ainda não conseguiu ser muito consistente. No fim ficou bem evidente a falta de competência do diretor e do estúdio em entregar um bom trabalho mesmo quando se tem um material original tão bom.

Graças aos fatos acima citado, apesar do interesse em Cop Craft surgir logo que li a sinopse, esse interesse se desfez quase que por completo ao concluir que não só o estúdio como também o diretor, seriam o mesmo que em Berserk.

Porém eis que o anime é lançado no dia 08/07, e para minha surpresa, o anime é em 2D e a história foi muito bem conduzida, não dá para dizer que é excepcional, mas quando se espera o pior, o bom trabalho no primeiro episódio chega a encantar, a dinâmica dos personagens e a ambientação com seres de um outro mundo é muito bem feita, sem parecer tão fantasioso (obviamente que ainda é).

Por isso mesmo, recomendo fortemente a darem uma chance a esse anime que por muito pouco não assisto e no fim já está sendo um dos que mais gosto. Para amantes de séries policias (como eu) vão gostar ainda mais, além disso confiram as primeiras impressões do anime aqui.

Arifureta Shokugyou de Sekai Saikyou:

Arifureta Shokugyou de Sekai Saikyou
©Arifureta Shokugyou de Sekai Saikyou

Sinopse: ”Hajime Nagumo, de dezessete anos, é o um otaku comum e cotidiano. No entanto, sua vida simples de repente é virada de cabeça para baixo quando ele, juntamente com o resto de sua classe, é convocado para um mundo de fantasia! Ele será capaz de sobreviver neste mundo perigoso de monstros e demônios com apenas o nível de força de um ferreiro glorificado?”

Surpresa Negativa:

Confesso que esse não me chamou muita atenção de início, não por ser isekai, pois gosto do gênero, mas por conter aparentemente mais Ecchi do que gosto em um anime, mas conforme foi se aproximando a temporada percebi que ele já era um dos mais aguardados, e descobri que o original dele já fazia sucesso.

Consequentemente coloquei na minha lista e fiquei ansioso quanto mais se aproximava a estreia. Outro fator que fazia eu achar que teríamos uma boa adaptação era que toda a equipe havia sido reformulada pois o autor não havia aprovado a equipe que inicialmente seria a responsável.

Mas esse sim foi uma surpresa bem desagradável, já no trailer passei a desconfiar mais, monstros em CG, animação não muito consistente, mas segui na expectativa, pois muitas vezes o trailer engana. Ao assistir o primeiro episódio, infelizmente o pior foi confirmado, o anime cortou boa parte da introdução no original, além de que a qualidade gráfica se mostrou bem abaixo do que esperava.

Para mim uma das partes mais importantes de um Isekai é o antes de se parar no outro mundo, pois assim, entendemos o contexto de forma mais clara, assim como a personalidade do(s) personagem(s). No caso de Arifureta isso é ainda mais grave, afinal a história é de uma turma inteira que foi parar no outro mundo, então se perde muito com esse corte, e a expectativa de que outros cortes não ocorram é baixa.

Em resumo, o anime não traz nada de novo, e ainda piora o original cortando partes importantes. Ainda me pergunto como o autor pôde trocar uma equipe ruim por outra talvez pior, uma baita decepção dessa temporada.

Confira as primeiras impressões do anime aqui.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of