Naruto – Apostando com os dados errados: Guerreiro Sharingan ou “louco de Locke”? Quais lições levaram o arrogante Sasuke a se tornar um guerreiro poderoso?

Fabio Andrade
(Redator do Blog e Podcaster)
Naruto
© Naruto / Pierrot

Existe uma frase muita badalada em nosso mundo que é: “A primeira impressão é a que fica”, mas seria esta frase uma verdade a ser considerada? Ela realmente reflete a realidade? Devemos julgar um livro pela capa? É bem verdade que a grande maioria das pessoas considera esta frase um dogma, mas pense, nossa observação sempre está certa? Entendemos a diferença entre olhar e observar?

Bom, vamos lá… O anime Naruto –um dos meus preferidos com certeza–, se tornou o gigante que é, não somente pelas batalhas, mas também por toda a bagagem emocional que causa em seus fãs, este anime é recheado de batalhas espetaculares, entretanto quero destacar uma batalha muito interessante que acontece no início do anime clássico.

Apostando com os dados Errados!

Naruto
© Naruto / Pierrot

Um pouco antes do exame Chunin começar, Naruto e Sasuke foram surpreendidos por um garoto muito estranho com uma roupinha verde apertada, um tal de Rock Lee. O “sobrancelhudo” desafia Sasuke para um combate, e é ai que a história começa a se desenrolar, qualquer expectador, inclusive este que vos fala, olharia com desdém para aquele garoto estranho. O nosso amado/odiado Uchiha estava completamente convencido de que venceria facilmente, estava até muito sorridente. Todos julgaram pela aparência, ou seja, apostaram com os dados errados.

Louco de Locke

Você já ouviu a expressão “louco de Locke”? Ela significa “alguém que raciocina rigorosa e impecavelmente a partir de premissas erradas”, não levar a sério o combate guiou o Sasuke a uma derrota retumbante, inclusive Naruto apanhou também de Lee, a grande lição que podemos aprender deste caso é bem simples, devemos ter cuidado com as “primeiras impressões”, lembre-se, primeiras impressões são somente isso, primeiras impressões. Apenas o tempo e a experiência podem nos fazer entender melhor, sejam pessoas ou situações. Qualquer batalha que venhamos enfrentar em nosso eterno exame Jounin que se chama “vida”, devemos levar a sério todas elas e nunca devemos subestimar nada. Em nossas batalhas devemos sempre lembrar das palavras de Sun Tzu: “O mais importante na guerra é a vitória e não a persistência. Nunca se prolongue.” Se pudermos vencer rapidamente cada combate, podemos evitar o desgaste, até porque a vida é assim, sempre depois de um combate, existirá outro, e quanto mais inteiros estivermos, melhor!!

Naruto
© Naruto / Pierrot

Leve suas batalhas a sério

Lembra quando falei no início do post sobre a diferença entre olhar e observar? Yogi Berra, um dos grandes pensadores de nossa história dizia que “você pode aprender muito sobre uma pessoa somente observando ela”, esse pensamento não se aplica somente a pessoas, mas a problemas também, devemos observar com cautela e calma, as batalhas são vencidas com estratégia, com informação muitas vezes você aprende com o inimigo, foi o que Sasuke fez, você pode observar que no exame Chunin ele usou as técnicas de Lee, vale ressaltar que uma informação errada é pior que a falta de informação, pois a mesma nos levaria à uma estratégia errada e a “apostar com os dados errados”. Resumindo, devemos buscar informações consistentes e fidedignas em qualquer situação.

Como sabemos, os ninjas em Naruto eram separados por classes, Genins, Chunins e Jounins que são os mais poderosos, até o momento. Naruto, Sasuke e até Lee eram genins, falando em classes, Lee nem era o genin mais poderoso, o mais forte era seu parceiro de trio Neji. O legal de tudo isso é que Naruto e Sasuke perceberam uma lição muito importante, o valor do esforço. Não importa se somos ricos ou pobres, bonitos ou feios, se tivermos força de vontade e coragem, podemos alcançar nossos resultados, pode até demorar para chegar, mas alcançaremos com certeza. Sasuke foi cada vez mais se esforçando, melhorando, desenvolvendo o seu Sharingan, e com o tempo foi se tornando cada vez mais notável e poderoso, realmente foi representando cada vez mais o seu clã extinto.

As chances de vitória crescem quando levamos as batalhas com seriedade ainda que o inimigo seja mais forte, a inteligência é a chave para vencer a guerra. Desenvolver a capacidade de analisar, planejar, ter sangue frio, resiliência e muita força de vontade, foram fatores determinantes para, pouco a pouco, levar o menino Sasuke de um “louco de Locke” a ser um verdadeiro Guerreiro Sharingan.

E aí, o que você achou do post?

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Victor
Victor
2 anos atrás

Que texto incrível amigo, muito bom, de verdade.

Fábio Andrade
Fábio Andrade
2 anos atrás
Reply to  Victor

Muito obrigado pelo comentário

odeiootaco
odeiootaco
2 anos atrás

e dai mermao desenho chineis fodase

Fábio Andrade
Fábio Andrade
2 anos atrás
Reply to  odeiootaco

Os japas sabem como trabalhar!!!