Kono Oto Tomare: A história do koto O instrumento musical em evidência graças ao sucesso de Kono Oto Tomare!

Maknara
(Redator do Blog)
@maknarasan
Kono Oto Tomare
©Kono Oto Tomare!

Kono Oto Tomare!, de Amyu, é um Slice of Life que gira em torno de um instrumento musical japonês chamado koto. Tradicional e popular no Japão, o instrumento foi ganhando destaque desde o lançamento do mangá de Kono Oto Tomare! e agora está se popularizando no ocidente com a estreia do anime.

A história do koto

O instrumento tem origem chinesa e surgiu no final do século VI. Seu ancestral se chama Guzheng, uma cítara asiática, que deu origem a vários outros instrumentos, sendo um deles a popular harpa japonesa, mais conhecida como koto.

Nesse período, embaixadores japoneses levaram o instrumento da China para o Japão. Antes de se chamar koto, o instrumento era conhecido como Kin-no-Koto e naquele tempo possuía apenas 12 cordas.

Durante o século VII até o século XI, o koto se tornou um instrumento comum entre a nobreza. Demorou um tempo até que ele começasse a ser utilizado por outro grupo de pessoas: os cegos. A primeira escola de koto documentada foi a Tsukushi-goto, surgindo no final do século XVI, na ilha de Kyushu. Nesse mesmo século apareceram as duas escolas mais importantes de koto: Ikuta e Yamada.

Kono Oto Tomare
©Guzheng – Ancestral do koto

Sobre o instrumento

O koto moderno tem 13 cordas, podendo ser de seda ou nylon, dispondo de pontes móveis que se deslocam para ajustar a afinação de suas cordas. Seu tamanho é de aproximadamente 180 centímetros e seu corpo é feito com a madeira tradicional do Japão, o Kiri (Paulownia). Existem kotos de 17, 20 e até 40 cordas, mas esses não são os mais comuns.

Na mão direita utiliza−se uma palheta (tsume, que significa “unha” em japonês) no dedo polegar, indicador e no médio para tocar as cordas, enquanto a mão esquerda acompanha como uma arpa comum. No entanto, quando a mão esquerda está do outro lado do koto, ela controla os tons e a expressividade das notas, podendo criar vibrações nas cordas durante a performance.

Normalmente, as partituras do koto são escritas em Kanji ou caracteres japoneses.

Kono Oto Tomare
©Koto – Instrumento tocado em Kono Oto Tomare!

Simbologia com o dragão

Existem várias simbologias ligadas ao koto, porém, a mais comum é a do dragão. Inclusive, no anime de Kono oto Tomare! é feito uma referência a essa simbologia.

Uma dessas simbologias diz que o koto representa um dragão deitado na areia que conversava com as ondas. Uma outra, cita que em tempos remotos o instrumento era considerado uma incorporação do dragão sagrado (espírito das águas e das tormentas) e da fênix (pássaro de fogo), fontes místicas de vitalidade e fertilidade, que provavelmente figuravam na cerimônia religiosa.

Kono Oto Tomare
©Koto e o Dragão

A representação do koto em Kono oto Tomare!

O mangá de Kono Oto Tomare! foi publicado pela primeira vez em 2012. É uma obra bem-conceituada entre os japoneses que não tinha muito alcance no ocidente até o lançamento do anime.

A adaptação da obra foi lançada em Abril de 2019 e está sendo produzida pelo estúdio Platinum Vision, dirigido por Ryouma Mizuno – diga−se de passagem, está fazendo um excelente trabalho.

A história acompanha Takezou que é o último membro do clube de koto da escola. Ele precisa encontrar novos membros para evitar que o clube feche. Até que um dia, seu clube é invadido por um aluno, Chika Kudouo verdadeiro protagonista −, um delinquente com um histórico de brigas, confusões e problemas, que deseja entrar no clube de koto. A história se desenvolve com os novos membros superando suas diferenças e seus problemas pessoais, em busca de manter o clube vivo.

O anime está entregando um excelente trabalho e tem se destacado entre os animes da temporada de primavera (do Japão). Um Slice of Life dramático, com doses de humor, Kono oto Tomare! consegue equilibrar os momentos tristes com os momentos de risadas, transmitindo toda a emoção que as cenas mais dramáticas exigem, sem que a obra fique pesada em excesso.

E o que falar sobre o koto? Um instrumento pouco conhecido no Brasil, que me conquistou rapidamente. Vejo muita gente pesquisando músicas de koto, depois de assistir o anime – principalmente o quinto episódio. Essa é a influência que uma boa obra pode trazer para pessoas de outra cultura.

Kono Oto Tomare!
©Kono Oto Tomare! – Atsumi Tanezaki

Koto na atualidade

Atualmente, o koto está entre os mais populares dentre os instrumentos tradicionais japoneses. Ainda é conhecido por ser um instrumento tocado em sua maioria por mulheres, mas não que isso seja uma regra, visto que encontramos muitas apresentações com grupos formados por homens e mulheres.

A história de um belo instrumento, apresentado por uma bela obra.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of