Pokémon Sun&Moon – Uma experiência inesquecível Porque essa série especifica me conquistou

Josenilson Vinicius
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

Para começar, eu parei de acompanhar o anime na quarta geração, que ironicamente foi a última que passou na TV aberta, então quando comecei a ver o Sun&Moon obviamente foi um choque grande e foi bem difícil assimilar tudo que me era apresentado. Claro que cai na conta que acompanhei integralmente igual a que passava nas TVs Japonesas, mas isso não chegou a ser um inibidor, pelo contrário, foi um catalisador para todas as experiências apresentadas na obra.

O começo da jornada

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

Quando começou Sun&Moon, em torno do final do ano de 2016, meu contexto de vida era diferente do meu atual, estava  mais imerso em responsabilidades que agora, mas era uma época de descobertas, de abrir a minha mente para coisas novas e experimentar algo atípico para mim, não foi à toa que foi nesse ano que comecei a acompanhar séries de Kamen Rider’s e Super Sentai, mas isso não é o foco aqui pois estamos falando de monstros em duas dimensões e não em três. Quando comecei a assistir o primeiro episódio veio-me um sentimento de reassistir a primeira temporada novamente pois não era mais uma liga que Satoshi, outra coisa que no primeiro momento se estranha mas depois acostuma; iria disputar mas uma aventura que nossos heróis iriam ter e de fato foi isso nos primeiros episódios.

Mas o ponto que posso destacar é a implementação da escola Pokémon no roteiro pois diferente das outras séries que normalmente Ash raramente tem amigos pelo qual possa se desenvolveram ou eles se desenvolverem durante toda a série junto a ele, normalmente Ash possuía companheiros de jornada que tinham objetivos que concatenavam com o do Ash, mas aqui não pois todos os personagens estão de pé de igualdade em relação aos outros, com isso temos episódios focados em cada desenvolvimento de cada um, mas a construção dos personagens eram perceptíveis ao decorrer da história, entretanto o desenvolvimento do protagonista não era prejudicado mas era incrementado com a participação dos amigos dele.

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

As lendas visitadas e criadas

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

Bem, Pokémon não seria Pokémon sem mostrar elementos existentes no jogo e aqui mostra a genialidade dos roteiristas pois todo mundo que jogou o jogo sabe muito bem o problema da Lillie com os Pokémons, no anime esse problema existe, sua origem é contextualiza e tal problema é tratado graças a Ash e seus amigos, por falar deles, eles são quase todos os trials captains do jogo, dando foco a Kaki (nome americano: Kiawe), Mao (Mallow),  Suiren (Lana) e Maname (Sophocles) que são os amigos mais próximos ao nosso herói possui seus roteiros básicos do jogo desenvolvidos ao máximo, inclusive com elementos novos criados para o anime, já os outros capitães também são amigos do nosso protagonista mas não possui tanto destaque em relação aos demais.

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

Diferente das outras gerações onde os lendários possuíram filmes próprios para apareceram, aqui em Sun&Moon eles aparecem no anime, se desenvolveram nele e desenvolveram a trama de uma maneira natural ao ponto que dar para dividir os acontecimentos da obra de acordo com o impacto deles, primeiramente Lillie e seu medo de Pokémons com Cosmog, Ash e sua turma formando os Ultraguardians para cuidar do principal destaque da geração, além das novas mecânicas: os Ultra-beasts, que começaram aparecer com Poipole de Ash e no fim com a aparição do Necrozma; por fim a liga e o ápice dos lendários protagonistas da série: os Tapus, eles aparecem durante toda a série contracenando com nossos heróis para que no clímax mostre o verdadeiro espírito de Alola: A união.

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

O êxtase da conquista

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

Por falar da liga, temos mais sacada de genialidade dos roteiristas da serie pois o conceito de liga não existia na região até o inicio do jogo e tanto ele quanto o anime mostraram como a liga foi instituída de maneiras diferentes, dando o foco ao anime foi bastante engraçado pois ao invés do tradicional chaveamento com mais que 32 participantes que venceram os lideres de ginásios, tivemos um Battle Royale com 151 participantes(mas ironia) para dai ficar apenas dezesseis vencedores para poder ir numa possível segunda parte e durante o Battle Royale tivemos varias batalhas marcantes, tanto para nossos heróis, tanto para os vilões quanto para os personagens mais aleatórios que apareceram apenas para se divertir. Já na segunda parte obviamente tivemos o desenvolvimento dos nossos protagonistas, inclusive com batalhas entre eles desenvolvendo sua amizade, mas também tivemos desenvolvimentos dos vilões da serie, tanto para a tradicional equipe Rocket que nessa temporada foi praticamente uma reconstrução da equipe desde sua chega nas ilhas, quanto o que seria os vilões regionais que normalmente possui suas ambições em conquistas regionais/globais, mas a equipe Skull não possui esse desejo, muito por causas de seu líder pois Guzma não possui um desejo fixo e isso é mudado graças aos acontecimentos da liga.

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

Falando do maior acontecimento de todas as ligas: Ash ganhando uma oficial, sim também não considero a liga laranja como oficial, se nem o protagonista considera no decorrer da série imagine eu, bem óbvio que foi um choque para todos ao descobrir que o meme mais batido da franquia foi desfeito, mas o modo que foi feito até que divertido e cativante a tal ponto de fica emocionante acompanhar a luta final e comemorar quando seu ultimo Pokemon ficou de pé e vou além pois tivemos uma luta-exibição do Ash com seu maior ídolo da geração e ai sim foi o ápice da emoção e da animação marcando o final de uma era mostrando que Ash não era o mesmo que saiu de Pallet com um Pikachu teimoso.

A conclusão

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

Pokemon Sun&Moon foi uma experiência sensacional, todas as histórias, todos os personagens, todas as aventuras são marcantes. Obviamente tem seus pontos fracos, mas não chega a atrapalhar a experiência, os personagens são marcantes com historias que facilmente carismáticas e se você for assim como eu vai se emocionar.  Aqui você irá encontrar varias coisas que não encontrariam nas series antigas. E caso você seja saudosista, pode ficar tranquilo pois existe um mini-arco que Block e Misty aparecem em Alola e se relacionam bem com os novos amigos de Ash. Se você prefere assistir dublado já existe e estão disponíveis em serviços de Streaming legais e ,caso queira saber de noticias da franquia, sempre venha para United e você achará.

© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo
© Pokémon Company/OLM/TV Tokyo

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Rafael LealRafael Leal Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rafael Leal
Editor

Show de artigo!

Rafael Leal
Visitante

Deu vontade de voltar a assistir!