Ser otaku ou gamer pode sim te favorecer no amor! Conheça a história de Wotakoi A série conta, no seu total, com seis volumes. O universo dos games e dos animes são o tema principal do mangá.

Welerson Silva
(Redator do Blog)
Wotakoi
©Wotakoi, editora Panini

Wotakoi, romance cômico escrito por Fujita, era um dos mangás que nem sequer estava nos meus planos de leitura, mas que valeu muito a pena e já cogito a ideia de continuar a comprar. Atualmente o mangá está sendo divulgado pela editora Panini, que lançou recentemente seu segundo volume em bancas e lojas especializadas. Wotakoi é uma leitura totalmente alternativa e envolvente. Em muitos pontos da história, a autora faz com que haja uma interação direta entre a obra e o leitor. A quebra da quarta parede também se faz muito presente. Sem mencionar as várias referências a outros mangás e jogos de videogame.

Sinopse de Wotakoi

Quanto ao plot, somos apresentados à dois amigos de infância, Narumi Momose, uma fã louca de histórias yaoi (um mangá com foco em relacionamento entre homens) e Hirotaka Nifuji, um viciado em games. Eles são o que muitos costumam chamar de OTAKUS. Com o passar do tempo e do convívio, eles acabam se apaixonando.

Este mangá veio para desmistificar aquela velha história de que otaku vive e morre na mão por falta de namorada. Claro que os otakus ainda sofrem algumas discriminações, geralmente mais dominante pelo sexo feminino. Fujita, por sua vez, construiu uma narrativa em que dois personagens, de sexos opostos, sofrem do mesmo problema: a falta ou o medo da aceitação. Então vemos que o amor, ele pode sim ser consolidado, basta saber escolher a pessoa certa e aquela que vai dividir contigo aquilo que ambos gostam e sentem-se felizes em fazer.

Wotakoi
©Wotakoi, editora Panini

O casal secundário que facilmente rouba a cena

Fora esses dois personagens, há mais um casal praticamente na mesma situação, que são melhores amigos de Narumi e Hirotaka. O fato é que cada um deles possui suas peculiaridades, seus gostos intrínsecos. É a partir destas características que a atmosfera é gerada por meio desses gostos, muitas das vezes em comum, fazendo eles passarem a se amar e despertar um forte desejo de elevar seus relacionamentos a um outro patamar. O nome desses personagens são Hanako KoyanagiTarō Kabakura.

É interessante analisar o relacionamento desses dois, porque, diferente  de Narumi Hirotaka, HanakoTarō já vem de um relacionamento mais desenvolvido e maduro. Por mais que frente pessoas se mostrem pessoas odiosas entre si, um completa o outro, e é exatamente isto que os tornam um casal tão atrativo no mangá.

Wotakoi
©Wotakoi, editora Panini

Considerações

Wotakoi é um incrível mangá que, como supracitei, nem estava em meus planos de leitura, mas ainda assim fez valer cada minuto e dinheiro investidos desta obra. Acredito que esse é aquele tipo de mangá que todo fã de anime/mangá deveria acompanhar ou pelo menos ler o primeiro volume. A obra também possui uma animação com 11 episódios mais um OVA. Se não é adepto à leitura, Wotakoi em anime também é uma opção.

E aí?! Curtiram a história de Wotakoi? Deixam a opinião de vocês nos comentários, queremos saber!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.