Gotoubun no Hanayome – Produção explicou as mudanças na segunda temporada Muitas mudanças foram feitas em relação ao mangá

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Gotoubun no Hanayome
©Gotoubun no Hanayome

O portal japonês Anime! Anime! publicou um fragmento da entrevista realizada com a equipe de produção da segunda temporada do anime Gotoubun no Hanayome, especificamente com o diretor Kaori Fujita e o produtor Mitsutoshi Ogura. A entrevista foi incluída na quinta edição da Megami Magazine deste ano:

Na segunda temporada de Gotobuun no Hanayome, o conteúdo do quinto ao décimo volume do mangá original foi condensado em doze episódios. O que você tinha em mente ao criar os episódios?

Ogura: A viagem escolar mostrada no décimo volume do mangá original foi considerada de vital importância para a produção, pois representa um avanço significativo nas relações entre as quíntuplas e Fuutarou, bem como entre si. Como resultado de várias reuniões, decidimos que isso deveria ser incluído na segunda temporada. A produção de animação nunca pode presumir que haverá uma sequência. É por isso que decidi que queria encerrar esta segunda temporada em um momento chave, você sabe, coisa de produtor.

Kaori: Enquanto houver uma limitação de doze episódios de trinta minutos cada, é absolutamente necessário cortar o conteúdo do mangá original. Quando criamos os episódios, eu sabia que deveria oferecer ao espectador uma história que mostrasse a evolução dos personagens de uma forma fácil de entender. Por exemplo, quando Yotsuba balança no balanço e confessa a Fuutarou o que ela realmente quer. Isso faz parte do quinto volume do mangá original, então se tivéssemos seguido o mesmo ritmo, deveríamos tê-lo incluído na primeira metade da segunda temporada, mas incluímos no décimo episódio. Decidimos isso pensando que o espectador entende as emoções de Yotsuba, principalmente de quem só viu o anime. Portanto, foi decidido incluir esta cena posteriormente na série.

Ogura: Yotsuba sempre se sentiu culpada por fazer com que todas as quíntuplas mudassem de escola. Depois de contar ao espectador sobre todo esse histórico, decidiu-se na produção que seria melhor mostrar aquele momento entre Yotsuba e Fuutarou depois e não antes.

Kaori: Quando é revelado no 10º episódio que a viagem escolar seria em grupos de cinco, Yotsuba oferece que todos as quíntuplas e Fuutarou formem um grupo e a deixem de fora. Naquele momento ela também se lembra do sorriso de Fuutaro no encontro anterior no balanço. Para que o espectador que não acompanha o mangá entenda melhor isso, a cena foi movida para aquele mesmo episódio.

Ogura: Recombinar essas histórias é um método que serve para melhorar a perfeição da animação como um todo. Depois de discutir isso com Negi Haruba-sensei, o autor de Gotoubun no Hanayome, e fazer todas essas mudanças com consentimento mútuo, acho que o nível de perfeição do anime foi elevado.

Sinopse:

Um dia, o pobre aluno do ensino médio Futarou Uesugi recebe um emprego como professor com excelente remuneração. Uma excelente oportunidade de ganhar dinheiro, certo? Como se vê, seu tutor é sua colega de classe! E ele ensinará não apenas ela, mas também suas quatro irmãs! Sim! Elas são quíntuplas!

Todas são lindas, mas, diferentemente de suas aparências, suas atitudes são completamente diferentes. Futarou conseguirá formar com êxito o quintupleto de Nakano do ensino médio? Você vai se apaixonar por alguma deles?

Mais sobre:

Gotoubun no Hanayome  é um mangá escrito e ilustrado por Negi Haruba. Foi serializado semanalmente na revista Weekly Shonen desde agosto de 2017. Ademais, o mangá tem uma adaptação para anime cuja segunda temporada estreou em 2021. 

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments