New Game! – Autor revelou que se tivesse focado no moe, a série teria terminado muito antes "Se algo é abusado, torna-se enfadonho muito rapidamente, então você tem que ter cuidado"

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
New Game!
©New Game!

O décimo terceiro e último volume de compilação do mangá escrito e ilustrado por Shoutarou Tokunou, New Game!, foi lançado em 27 de setembro após uma serialização de oito anos e meio e o autor recentemente compartilhou com a mídia japonesa como se sentiu sobre a conclusão deste trabalho.

‘Muitas vezes recebo comentários de pessoas que dizem que sua visão do trabalho mudou, como: ‘Agora eu entendo coisas que eu não entendia quando era estudante, agora que estou trabalhando.’ Em uma serialização de oito anos, os leitores que estavam estudando no início da serialização devem agora ser adultos trabalhadores ao final do trabalho. Ao mudar a situação do leitor, o autor pôde descobrir coisas novas sobre as ‘alegrias’ e ‘tristezas’ dos trabalhadores.

O autor usou sua experiência de trabalho em uma empresa de videogame por cerca de dois anos em seu trabalho. Com o sonho de se tornar um ilustrador, ele largou o emprego para se concentrar em seu papel de ilustrador de light novels. ‘Quando penso nisso agora, não sei como deixei isso‘, diz ele com um sorriso irônico. Ele não estava interessado em se tornar um cartunista, mas quando estava vendendo doujinshi no evento Comic Market (Comiket) para conseguir um emprego, foi abordado pelo editor-chefe da revista Comic Gum, a revista mensal da editora Wani Books.

“Nunca desenhei um mangá. Essa oportunidade me levou a começar a desenhar e, como resultado, descobri que me sentia mais confortável trabalhando no mangá do que nas ilustrações. Ilustrar é sobre receber ordens e moldar a imagem de outras pessoas, mas o mangá é auto-iniciado, então foi interessante no sentido de que eu poderia desenhar o que quisesse“, disse ele.

Tentei atingir pessoas que gostariam do meu trabalho depois de lê-lo com atenção, em vez de pessoas que simplesmente o elogiariam na hora. Se eu tivesse focado apenas na parte moe (que nos popularizou), a série teria acabado muito antes”, analisou o autor. ‘A frase de assinatura de Aoba Suzukaze,’ Kyou mo Ichinichi Ganbaru zoi (Mais uma vez, farei meu melhor-zoi!) ‘Só é dita uma vez na adaptação do anime. Se algo é abusado, torna-se enfadonho muito rapidamente, então você tem que ter cuidado. Quando pensei que tipo de leitor me apoiaria por muito tempo, pensei que a melhor maneira de fazer isso seria levar o meu trabalho a sério”, concluiu.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.