Tantei wa Mou, Shindeiru – Vtubers não são listadas nos créditos A China nunca esquece suas polêmicas.....

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Tantei wa Mou, Shindeiru
©Tantei wa Mou, Shindeiru

Como anunciado anteriormente, as YouTubers virtuais afiliadas da Hololive Production, Shirakami Fubuki e Natsuiro Matsuri, fizeram uma aparição especial durante a exibição do terceiro episódio da adaptação animada de Tantei wa Mou, Shindeiru (The Detective is Already Dead). O trecho foi compartilhado no YouTuber:

Há poucos dias, o portal japonês Myjitsu publicou uma atualização informando que parte dos fãs não gostava da participação de YouTubers Virtuais sem experiência anterior em dublagem participando de um grande projeto, porém, essa polêmica foi se diluindo com o tempo. O que chamou a atenção desta vez foi o que os distribuidores na China fizeram, apontado pelo usuário do Twitter @Enigma_Twist:

“A participação de Shirakami Fubuki e Natsuiro Matsuri na transmissão da China continental de Tantei wa Mou, Shindeiru foi omitida nos principais distribuidores (Bilibili, Tencent, IQIYI), possivelmente para evitar reclamações de fãs que ainda se lembram do incidente de Kiryu Coconut”.

Nas imagens, primeiro são mostrados os créditos originais no Japão, onde Shirakami Fubuki e Natsuiro Matsuri aparecem na quinta e sexta linhas do primeiro grupo e depois os exibidos na China onde seus nomes foram retirados.

O “Incidente Kiryu Coco” refere-se a uma ocasião em que a YouTuber Virtual Kiryu Coco (agora aposentada da Hololive Production) exibiu as estatísticas de seu canal no YouTube, que mostravam Taiwan e China como países separados. Os defensores da ideologia “Uma China” atacaram implacavelmente a VTuber, mesmo no dia de sua aposentadoria.

Sinopse:

A história segue Kimihiko Kimitsuka, um jovem que há quatro anos se tornou assistente de uma detetive misteriosa conhecida como “Siesta” durante um sequestro de avião. Juntos, Kimihiko e Siesta embarcaram em aventuras alucinantes e exploraram o mundo enquanto lutam contra uma organização secreta, mas tudo isso acabou quando Siesta morreu.

Atualmente, Kimihiko tenta retornar a uma vida comum e chata de estudante do ensino médio, mas as coisas não são tão simples, apesar do fato da detetive já estar morta. Então, como serão as coisas a partir de agora?

Mais sobre:

Manabu Kurihara (Uzaki-chan wa Asobitai!) está dirigindo o anime nos estúdios ENGIDeko Akao (Arakawa Under the Bridge, Tatoeba Last Dungeon Mae no Mura no Shounen ga Joban no Machi de Kurasu You na Monogatari) é responsável por escrever e supervisionar os scripts. Yousuke Itou (Kawaikereba Hentai demo Suki ni Natte Kuremasuka?, Holmes of Kyoto Teramachi Sanjou, Ousama Game) é o responsável pelo design dos personagens.

Nigojuu começou a publicar os romances no site Kakuyomu e, posteriormente, começou a publicar em papel com ilustrações de Umibouzu por meio da editora Media Factory em novembro de 2019.

Uma adaptação para mangá de Mugiko é publicada na revista Monthly Comic Alive da Kadokawa, com sua primeira compilação publicada no Japão em 21 de novembro.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Noba
Noba
2 meses atrás

Mano, chinês guarda mais raiva que eu da Gabi