Tokyo Revengers é censurado fora do Japão Um certo símbolo tem causado polêmica

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Tokyo Revengers
©Tokyo Revengers

Tokyo Revengers é um mangá que tem conseguido se posicionar entre os leitores mais populares, mas não só isso, com o lançamento do anime, as vendas do mangá dispararam para 670% das vendas anteriores. No entanto, a obra não foi isenta de polêmica.

Desde a estreia do mangá, Tokyo Revengers tem feito uso do símbolo Manji como uma parte fundamental e símbolo da gangue do protagonista. Isso é o que fez com que centenas de usuários associassem incorretamente este símbolo com a conhecida suástica nazista com o lançamento do anime.

Tokyo Revengers
©Tokyo Revengers

Além disso, na versão do anime dada para os serviços de streaming fora do Japão todas as aparições deste símbolo foram completamente censuradas desde o primeiro capítulo. Um usuário do Twitter compartilhou uma comparação entre a versão transmitida no Japão e a versão da Crunchyroll na França, situação que se repete para a Crunchyroll América Latina.

Essa censura tornou-se muito mais evidente no recém-lançado quinto capítulo do anime, onde uma censura clara pode ser observada que corta os personagens logo acima dos símbolos em suas mangas.

Tokyo Revengers
©Tokyo Revengers
Tokyo Revengers
©Tokyo Revengers

Muitos fãs tentaram explicar as diferenças entre os símbolos, no entanto, isso não acalmou um determinado setor de pessoas que afirmam se sentir desconfortáveis, pois os lembra do símbolo nazista mesmo quando não é este.

Sinopse:

Assistindo ao noticiário, Takemichi Hanagaki descobre que sua namorada Hinata Tachibana, desde o início do ensino médio, morreu. A única namorada que ele teve acabou de ser morta por um grupo conhecido como Tokyo Manji Gang. Ele mora em um apartamento de baixa qualidade com paredes finas, e seu chefe seis anos mais novo o trata como um idiota. No fundo do poço, ele de repente salta doze anos de volta para seus dias de escola secundária. Para salvar Hinata e mudar a vida que ele passou fugindo, o desesperado Takemichi deve tentar chegar ao topo da mais sinistra gangue delinquente de Kanto.

Mais sobre:

Wakui lançou o mangá na revista Weekly Shounen Jump da Kodansha em março de 2017, e a Kodansha publicará o vigésimo livro compilado do mangá em 17 de dezembro.

Warner Bros. Japan está fazendo um filme live-action do mangá, que estava programado para estrear no Japão em 9 de outubro do ano passado, mas agora vai estrear em 2021. Tsutomu Hanabusa (Kakegurui Live-Action, Miseinen dakedo Kodomo ja Nai) está dirigindo o filme. A produção começou a ser filmada no inverno passado, mas interrompeu a filmagem em abril para priorizar a saúde do elenco e da equipe técnica.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments