Austrália considera os animes dentro de suas leis contra a exploração infantil Só faltava as personagens de anime denunciarem seus agressores na Austrália...

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Australia/ Non non biyori
© Austrália/ Non non biyori

Por vários meses, a Austrália se tornou o centro das atenções da comunidade de fãs de videogames, mangás ou anime por suas políticas de censura aplicadas a essas mídias. Foram feitas tentativas de censurar qualquer coisa considerada “estrangeira” para a Austrália, e eles tiveram em uma série de lançamentos de políticas e leis contra todo esse conteúdo desde o final de 2019.

Recentemente, o fragmento de um livro escrito por India Bryce e Wayne Petherick se tornou viral nas redes sociais, detalhando as questões relacionadas ao abuso sexual infantil, um tema extremamente sério. No entanto, o engraçado é como foi listado que o anime também é considerado parte desses crimes. De acordo com a Polícia Federal Australiana e o próprio livro, a seguinte condição é expressa para considerar “abuso sexual infantil“:

“Onde não há atividade sexual, mas onde há nudez … ou virtual, incluindo anime, desenhos animados, quadrinhos e desenhos de crianças envolvidas em poses ou atividades sexuais.

Mesmo com esta informação, as orientações da Polícia Federal Australiana não mudam, que afirma que a anime é considerada no nível mais baixo de exploração infantil.

Dado que essa ‘diretriz’ foi legítima por alguns anos, foi realmente apenas uma questão de tempo antes que a Austrália começasse a censurar o anime e atacá-lo em todas as frentes. Era apenas uma questão de quando isso aconteceria.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments