Fundador da Ufotable, Hikaru Kondo, admite fugir de impostos pensando que o estúdio não entraria em apuros Kondo: "Cometi evasão fiscal pensando que não iria causar problemas à empresa."

Igor Kakuhama
Ufotable
©Ufotable

O julgamento do fundador do estúdio de anime Ufotable e ex-presidente Hikaru Kondo, que é indiciado por violar a Lei do Imposto Corporativo e a Lei do Imposto sobre o Consumo, começou hoje no Tribunal Distrital de Tóquio com o primeiro julgamento permitindo que o réu, Kondo, fizesse uma declaração inicial no que diz respeito às acusações impostas a ele. Na declaração de abertura, ele admitiu as acusações apresentadas e pediu desculpas aos fãs e outras partes interessadas.

Alega-se que Kondo transferiu a receita dos cafés de Tóquio administrados pela Ufotable para um cofre em sua casa e fez declarações de imposto de renda falsas em 2015, 2017 e 2018, ocultando cerca de 441 milhões de ienes (US $ 4 milhões) do The Tokyo Regional Taxation Bureau, que entrou com uma ação contra Kondo e o estúdio em abril de 2019. Isso permitiu que Kondo supostamente evitasse o pagamento de cerca de 109 milhões de ienes (US $ 990.413) em impostos corporativos e 28 milhões de ienes (US $ 254.437) em impostos sobre o consumo, totalizando mais de 138 milhões de ienes (US $ 1,25 milhão). O valor do imposto devido no julgamento de hoje é maior do que a acusação em julho de 2021, mas menor do que as acusações iniciais em junho de 2020.

Kondo no tribunal (via NHK)
© Kondo no tribunal (via NHK)

Na declaração de abertura do promotor, eles afirmaram que os 441 milhões de ienes (US $ 4 milhões) em renda para Ufotable, que são mais conhecidos dentro e fora do Japão pela série Fate e Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, iriam para projetos futuros, bem como ajudar o estúdio em caso de qualquer crise de negócios.

Posteriormente, a declaração de abertura de Kondo fez com que o ex-presidente admitisse as acusações, dizendo que “cometeu sonegação fiscal pensando que não causaria nenhum problema à empresa. E por isso, peço desculpas”. Kondo curvou-se profundamente enquanto se desculpava.

Anteriormente, a Ufotable alegou que o estúdio e Kondo já haviam pago 137 milhões de ienes (US $ 1,24 milhão) em impostos atrasados ​​para o Departamento de Impostos.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments