Getsuyoubi no Tawawa – Uma empresária popular no Japão pede desculpas por apoiar a obra Ela recebeu críticas em seu Twitter

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Getsuyoubi no Tawawa
©Getsuyoubi no Tawawa

Mizuki Kurosawa é a diretora representante da HEART CLOSET, uma marca de roupas dedicada às mulheres de seios grandes. Talvez devido a esta profissão, ela fez um post no Twitter (agora excluído) em apoio ao mangá escrito e ilustrado por Kiseki Himura, Getsuyoubi no Tawawa (Tawawa on Mondays), embora mais tarde teve que postar um pedido oficial de desculpas por isso.

Sua mensagem escreveu:

  • Gostaria de me desculpar sinceramente por qualquer angústia ou preocupação que meus comentários no Twitter possam ter causado aos patrocinadores, funcionários, partes interessadas e muitos outros da HEART CLOSET que foram prejudicados por meus comentários. Sinto muito;
  • Minha intenção é resumir e explicar meus pensamentos e as circunstâncias dos meus comentários no Twitter entre 20 e 21 de abril, mas a lista de tópicos se tornou volumosa e o tempo é curto, então gostaria de me desculpar primeiro. Meu erro desta vez foi ignorar as considerações multifacetadas que deveriam ser levadas em conta ao falar, mas que causaram a agitação atual. Peço sinceras e profundas desculpas pelo mal que lhe causei devido à minha própria imaturidade;
  • Como meu próprio representante, e como premissa básica do HEART CLOSET, não promovo o clima de sexualização de menores. Proteger os menores da violência e dos crimes sexuais é uma questão que considero muito importante. E acredito que os outros não devem julgar e impor seu próprio julgamento a alguém como sexual;
  • A explicação para isso ter acontecido é que sempre vivi em minoria (mulheres de seios grandes) e sempre tive a postura de me afirmar e cuidar dos outros que são minorias em primeiro lugar. Também neste caso penso que uma negação generalizada criaria uma situação de desmoralização dos omitidos. No entanto, lamento profundamente ter cortado e afirmado apenas um aspecto de um evento que eu simplesmente não pude afirmar desta vez;
  • Minha inexperiência me levou a focar apenas nessa parte da expressão. Além disso, priorizei apenas o que precisava transmitir em 141 palavras ou menos e, como recebi muitas reações a esse caso, estava com pressa e minhas palavras não foram bem pensadas, o que levou a expressões que magoaram muitos de vocês. Portanto, gostaria de pedir desculpas a você por qualquer ansiedade que possa ter causado a você devido às minhas expressões imaturas;
  • As mulheres com seios grandes eram incompreendidas e incapazes de se expressar livremente, embora nem sempre sejam sexualmente atraentes, devido aos preconceitos sobre seus seios grandes e pelo fato de suas roupas não caberem neles. Eu mesma fui e continuo sendo alvo de comentários sexuais inadvertidos devido aos meus seios grandes. Se você falar sobre seus problemas com seios grandes, eles podem não entender você e as pessoas pensarão que você está orgulhoso deles;
  • E administrando uma marca para mulheres com seios grandes, recebi repetidamente cartas e e-mails selados de pessoas suspeitas e tive que procurar a polícia para obter conselhos. Sinto o mesmo medo e sofrimento que você. Acho que muitos de vocês tiveram experiências semelhantes. Eu fundei a HEART CLOSET porque queria encorajar nós, mulheres de seios grandes que sofreram, a viver vidas mais livres e felizes.

Vale lembrar que a polêmica sobre Getsuyoubi no Tawawa foi gerada no início do mês passado, quando um cartaz publicitário apareceu em um jornal de circulação nacional no Japão. A crítica é sobre o fato de ‘uma colegial ter sido representada sexualmente e como forma de alívio aos trabalhadores adultos‘ e alguns especialistas opinaram sobre os erros cometidos por esta campanha.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.