Great Pretender foi a propriedade intelectual de maior sucesso da IG Port no ano fiscal anterior B: The Beginning foi a segunda

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Great Pretender
©Great Pretender

Em seu relatório financeiro mais recente, a IG Port, a empresa-mãe de empresas como Production IG, WIT Studio e Signal.MD, relatou que o anime Great Pretender original foi responsável por 348 milhões de ienes ($3,1 milhões) em vendas entre 1 de junho de 2020 e 31 de maio de 2021, tornando-se sua maior arrecadação para o período após B: The Beginning, que rendeu 328 milhões de ienes ($2,9 milhões).

Great Pretender foi produzido pelo WIT Studio, sob a direção de Hiro Kaburagi (91 days, Hoozuki no Reitetsu, Kimi ni Todoke), e estreou inicialmente na plataforma Netflix no Japão em junho de 2020, seguido por um lançamento global em agosto do mesmo ano. O mais curioso é que o WIT Studio relatou recentemente uma redução de 40,3% em sua receita durante o ano fiscal mencionado e tem uma dívida de 886 milhões de ienes (7,9 milhões de dólares), de acordo com um relatório recente.

Esta falta de rentabilidade levou a IG Port a intervir na gestão da situação e a lançar o “Projeto de Gestão Subsidiária”. Antes do final do ano fiscal mencionado, o WIT Studio também produziu o anime original Vivy: Fluorite Eye’s Song, que é conhecido por seu desempenho de vendas até pelo menos o próximo relatório financeiro do primeiro trimestre deste ano fiscal. Com essas informações então pode-se inferir que o WIT Studio cometeu erros em questões não relacionadas à produção de animação, e alguns apontaram sua participação no filme live-action Tokyo Butterfly.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments