Homem é preso por ameaçar diretor de Kemono Friends e dubladora de Mikasa Ackerman O jovem também ameaçou staff e familiares

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
homem
© NHK

Segundo a NHK a polícia do Japão prendeu Fukuta Kishimoto, um jovem de 21 anos, morador de Kyoto, por suspeita de intimidação e obstrução forçada dos negócios. Segundo a declaração da polícia, o suspeito estava ameaçando, pela internet, assassinar o diretor TATSUKI (primeira série anime de Kemono Friends, Kemurikusa), bem como uma dubladora de Kemono Friends, a sua família e membros do staff, esfaqueando-os e incendiando-os. As ameaças supostamente se referenciavam ao incêndio da Kyoto Animation de julho de 2019 que matou 36 pessoas e feriu 33.

A NHK conseguiu identificar a dubladora como Yui Ishikawa (Kyururu em Kemono Friends 2, Mikasa Ackerman em Attack on Titan).  Segundo a investigação, o suspeito admitiu as acusações e disse em depoimento que tinha um ressentimento pessoal contra o diretor, mas não pretendia realmente magoa-lo.

TATSUKI revelou em maio que tinha apresentado queixa na polícia depois de receber ameaças que começaram em abril contra ele e outras pessoas. Ishikawa também submeteu um boletim de ocorrência devido a ameaças que começaram em abril.

 

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] O homem suposto das ameaças foi preso em junho deste ano. Fukuta Kishimoto, um jovem de 21 anos, morador de Kyoto,  admitiu as acusações e disse em depoimento que tinha um ressentimento pessoal contra o diretor, mas não pretendia realmente magoa-lo. […]