Uma mãe a favor da regularização dos animes se torna viral A opinião de seu filho era contrária....

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
animes
©Tsuujou Kougeki ga Zentai Kougeki de Ni-kai Kougeki no Okaasan wa Suki Desu ka?

A usuária do Twitter @honno_yokimichi se descreve como “a mãe de um filho tentando abandonar a escola. Amante de poesia, ficção e história ” na descrição de seu perfil. Seu perfil é mantido privado após uma série de atualizações que se tornaram virais em fóruns de comentários no Japão, onde ele era a favor da regularização das indústrias de mangá e anime. Suas postagens foram preservadas na forma de capturas de tela e eles escreveram:

“Discuti com o meu filho: O Partido Comunista é contra porque quer restringir a expressão de anime (para evitar a misoginia, as agressões e o abuso sexual de menores). Ele afirma que não há base científica para isso, ou que o número de crimes inspirados em anime é baixo. Não, mas não é a garota do anime que parece uma garota com seios grandes desenhados como uma prostituta? “

“Quando eu olho para os trabalhos de Yoshiyuki Tomino recentemente, eu sinto que a maneira como as mulheres são retratadas é muito da era Showa. Elas agem com amor, servem aos homens e, se são obstinadas, são tratadas como ‘irritantes’. Os filmes de Hayao Miyazaki são repletos de mulheres fortes e atenciosas, capazes de fazer qualquer coisa e apoiar seus homens. É muito conveniente. Temos que ter calma com o trabalho que gostamos. A fé cega é perigosa.”

“Acho que a forma como as personagens femininas são desenhadas neste século não é física, biológica e socialmente natural. Eles não mostram as linhas de seus corpos assim quando vestem roupas. Além disso, se você se veste de uma maneira que acentua as linhas de seu corpo, quando for atacada, eles dirão que ‘você encorajou isso’. Estamos nos desviando dessa realidade. Uma realidade em que aquelas que foram abusadas ​​sexualmente são informadas de que são as culpadas. Não é nada bom. Não estamos falando sobre o que é certo ou errado, mas sobre pensar sobre representação. Se você parar em ‘sua percepção está errada’, não haverá discussão. Além disso, as crianças devem ser protegidas. É a ação de um adulto sensato impedir o livre arbítrio sexual de meninos e meninas.”

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.