Act-Age – Novos volumes do mangá não serão reimpressos. A editora também afirmou que os volumes do mangá na versão digital não estarão disponíveis em nenhuma loja digital

Matheus Henrique
(redator de noticias)
Act-Age
©Act-Age

Nesta segunda-feira (17) a Weekly Shonen Jump comunicou por meio do Twitter que não iria reimprimir novas cópias do mangá Act-Age.

 

O mangá já tinha sido cancelado devido a prisão do autor por abuso sexual de menor, mas Weekly Shonen Jump anunciou hoje que os volumes futuros após o volume 13 não serão lançados e os volumes lançados atualmente de Act-Age não receberão reimpressões.

Confira o comunicado original completo abaixo:

A editora também afirmou que os volumes do mangá na versão digital não estarão disponíveis em nenhuma loja digital da Shueisha a partir da meia-noite de 17 de agosto no Japão e serão retiradas de outras lojas digitais no Japão nos próximos dias.

Todos os produtos futuros da série anunciados anteriormente, como o calendário de 2021 e os crachás, não serão lançados e o reembolso estará disponível para quem fez a pré-compra. Para qualquer merchandising solicitada através da revista Weekly Shonen Jump, os pedidos ainda são válidos e serão atendidos – pois já estão em trânsito / a ser efetuados -, mas o reembolso estará disponível para quem desejar cancelar.

A Viz Media já retirou os volumes futuros de Act-Age em inglês e confirmou que o capítulo mais recente da série não será lançado na app da Shonen Jump.

Mangá cancelado:

Através de um comunicado oficial da editora Shueisha, foi anunciado que a série de mangás Act-Age chegou ao fim de sua publicação após os eventos que ocorreram com seu autor.

A mensagem da editora menciona o seguinte:

Em 8 de agosto, o Sr. Tatsuya Matsuki, que estava encarregado de escrever o trabalho original do Act-Age, foi preso.

A equipe editorial levou muito a sério esta decisão e mais tarde falou com o artista Shiro Usazaki, que se encarregou de desenhar o manga. Depois disso, decidimos não continuar com a série Act-Age.

O mangá chegou ao fim na edição 36-37 da revista Weekly Shonen Jump publicado no dia 11 de agosto.

Em nome do departamento editorial, lamentamos muito que este trabalho que tanto contou com o apoio de tantos fãs tenha que terminar assim. No entanto, a situação é terrível o suficiente para ser considerada levianamente. Pedimos desculpas por qualquer inconveniente causado.

Nosso ilustrador Shiro Usazaki fará uma pausa em toda essa situação e esperamos tê-la de volta em breve para envolvê-la em novos projetos.

No que se refere a informações sobre projetos relacionados ao mangá, como a publicação de novos volumes e alguns eventos que estavam planejados, os novos detalhes serão anunciados posteriormente.

Sinopse:

A história é centrada em Kei Yonagi, uma estudante do ensino médio cujo sonho é se tornar atriz. Ela mora com seus dois irmãos mais novos, depois que seu pai os abandonou e sua mãe faleceu.

Kei tem um talento impressionante de atuação, a ponto de ser capaz de inserir tanto em seu personagem que abandona a realidade. Durante uma audição, alguns especulam que seu talento incrível também pode ser perigoso para si mesma e não é aceito. No entanto, Kei chama a atenção de um renomado diretor chamado Sumiji Kuroyama, que a contrata com o objetivo de mostrar seu talento e potencial.

Mais sobre:

Matsuki e Usazaki começaram a publicar o mangá na revista Weekly Shonen Jump, da Shueisha, em janeiro de 2018.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments