Blue Exorcist – Mangá entra em hiato até abril de 2022 A mangaká vai precisar focar em outro projeto!

Matheus Henrique
(redator de noticias)
Blue Exorcist
©Blue Exorcist

O anúncio feito nesta terça-feira (29) informou que o mangá original Blue Exorcist (Ao no Exorcist), de Kazue Kato, entrará em hiato até abril de 2022.

Segundo o anúncio, o hiato de quase um ano é para que a mangaká consiga focar na adaptação para mangá da novel original Eizen karukaya Kaitan de Fuyumi Ohno.

Este novo mangá vai começar a ser publicado em setembro de 2021 e vai ser formado por 6 capítulos, no final da obra Kato irá regressar para às páginas de Blue Exorcist.

Em fevereiro de 2020, a autora também teve que pausar o mangá por 2 meses, pois os 12 anos de trabalho vieram a tona. Os fãs indicaram melhora para a autora e ela prometeu ilustrações durante suas férias e outras surpresas para os apoiadores.

Blue Exorcist
©Blue Exorcist

Blue Exorcist está no catálogo da Netflix e é uma das animações mais acompanhadas na plataforma. Em agosto de 2019, foi anunciado que a segunda temporada da adaptação em anime de Kazue KatoAo no Exorcist, intitulado Ao no Exorcist: Kyoto Fujouou-hen, ia entrar no dia 1º de setembro na América Latina.

Sinopse:

Blue Exorcist conta a história de dois irmãos, Rin e Yukio. Enquanto Rin é boca suja, brigão e não liga para os estudos Yukio é fraco, educado e um aluno aplicado. Eles desconhecem seu pai e sua mãe morreu quando eram novos sendo criados pelo Padre Fujimoto, mas tudo muda quando Rin descobre ser filho de Satan o demônio mais poderoso e temido, com a morte de seu amado pai adotivo Rin busca se tornar mais forte, nesse caminhada descobre que não conhece seu irmão tão bem assim.

Mais sobre:

Blue Exorcist começou a ser publicado em 2009 na Jump SQ, e inspirou duas séries anime, um filme anime, vários OVAs e peças de teatro.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.