Koi wa Ameagari no You ni | EP 4 – A famosa pedra no sapato Desafios estão por vir para tentar impedir os sentimentos de Tachibana.

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
©Wit Studio/Jun Mayuzuki

Koi Wa Ameagari no You ni | Episódio 4 – Chuva gentil

Este quarto episódio não me deixou tão empolgado em relação aos seus antecessores. Foi mais um episódio para refletirmos sobre nosso cotidiano. A mensagem de hoje foi: “Quando tudo está ocorrendo bem, devemos suspeitar”. Sr. Kase, o cozinheiro do Garden, pode se tornar uma grande pedra no sapato nesse romance. Digamos que o rei dos cozinheiros cavalheiros protetores das belas donzelas indefesas do planeta Terra, vulgo Sanji Vinsmoke de One Piece deve se revirar na cozinho do Thousand Sunny.

Kase merecia uma boa surra por ser babaca. Sério, vocês ficarão surpresos ao assistirem o episódio e certamente listarão ele na lista negra de babacas. Tal lista contém estrelas como Makoto Itou de School Days, Shou Tucker de Full Metal Alchemist e Danzo de Naruto. (Lista pesada não é mesmo, caro leitor?) Vai ter que suar muito para se redimir, pelo menos comigo. Ou em último caso, eu vou pegar minha “MARREEETAAAA”.

©Wit Studio/Jun Mayuzuki

Eu senti uma certa distância entre Kondo e Tachibana, mas era esperado, pelo menos até o momento. No encontro entre o casal, Kondo sente novamente aquela nostalgia, que, de certo modo, relembra o seu passado. Sendo esse passado uma bela faca de dois gumes. Tachibana, por sua vez, demostra cada vez mais que sente um grande sentimento pelo Sr.Kondo. Em vários momentos do episódio, é demonstrado explicitamente sua felicidade por viver essa possível nova fase de sua vida.

©Wit Studio/Jun Mayuzuki

Grande Ponto Forte

Observando com cuidado, houve uma grande evolução gráfica ao longo dos episódios. Saímos de algumas jogadas de luz dando ênfase nas expressões de Tachibana, para uma ambientação bem movimentada e iluminada. Consequentemente, valorizando as ações dos personagens quando estão em ambientes mais naturais.

©Wit Studio/Jun Mayuzuki

Relação Tachibana e sua Mãe

Ao que tudo indica, a relação de Tachibana e sua mãe é bastante saudável. Porém, eu gostaria que ela aparecesse mais durante o desenvolvimento da obra. Já que cedo ou tarde, Tachibana irá precisar de um ombro para desabafar e que alguém a defenda.

©Wit Studio/Jun Mayuzuki

O que esperar?

Bom, meus amigos telespectadores do Brasil. Preparem seus corações, porque haverá momentos tensos como o de hoje. Talvez existam ainda mais tensos, o que nos deixaria felizes e p**** (Meme is life) com a situação. Mas fiquem calmos, o poder do amor é mais forte do que imaginamos.

©Wit Studio/Jun Mayuzuki

Em linhas gerais

Esse episódio foi um bom pé no freio e uma espécie de “calma lá, meu jovem”. Acho que o hype criado se mantém, mas pode ser equilibrado para não esperarmos ou cobrarmos demais muito cedo. Estamos apenas no quarto episódio, ainda há muito chão para a obra percorrer. Devemos ter calma e deixar acontecer naturalmente (sacou a referência? Hehe) que Kondo e Tachibana fiquem cada vez mais próximos, vencendo com o amor cada barreira imposta por terceiros.

Mas e você, caro leitor? O que achou do episódio? Deixe sua nota nas estrelinhas e comente.

Nota: A – Ótimo

Essa é a nota da redação a esse episódio de Koi wa. Qual a sua nota?
  • Gregory Vieira (Colunista)
  • Breno Santos (Supervisor)
4

Resumo

E você, caro leitor? Qual nota esse episódio de Koi wa merece? Deixe sua nota e participe com a gente.

Sending
User Review
5 (3 votes)
SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
JManimes
JManimes
2 anos atrás

Foi um bom episódio, bastante movimentado, apareceu um vilão lixo! E Tachibana-chan segue se entendendo com seu amado Masami. Um detalhe sobre a mamãe da Tachibana-chan é que ela é muito jovem parecendo ter a mesma idade que a filha e elas moram sozinhas, ela pode ser mãe solteira, divorciada ou viúva, Nota episódio: 10/10.