Primeiras Impressões: Fairy Gone 2nd Season A volta dos Usuários de Stand/Soldados-Fadas

Josenilson Vinicius
Fairy Gone
©Fairy Gone

Ficha Técnica – Fairy Gone

Gênero: Ação, Demônios,Supernatural, Magia e Fantasia
Estúdio: P.A Works
Baseado em: Original

Diretor: Kenichi Suzuki 
Data de estreia: 06/10/2019

A volta desse projeto da P.A Works cujo a trama gira em torno de Marlya e o seu veterano Free em busca da paz nesse tempo nebuloso que a Zesskia Unificada está. Bem não tenho muito a falar sobre essa segunda parte que não o dever de alavancar a obra, pois, teremos mais doze episódios para tentar responder as pontas soltas presentes, desde o fim da primeira parte e olha que são muitas! Já a parte principal dessa obra original é o fato dos personagens possuírem muitas falhas em sua construção e não vejo se um novo pedaço da série pode concertar isso. Já a produção é um ponto forte de tudo,ela não mudou, afinal de contas estamos falando de slip-cour de um bom estúdio que é a P.A Works, mas esse nome recentemente não está ligado a boas obras e nem mesmo o diretor de Jojo’s Bizarre Adventure:Stardust Crusaders (Kenichi Suzuki) pode mudar isso.

Fairy Gone

Sinopse

“A história começa nove anos após o fim da guerra e centra-se na protagonista Marlya. Marlya é uma nova recruta de “Dorothea”, uma organização dedicada à investigação e repressão de crimes e incidentes relacionados com fadas. Mesmo em tempos de paz, o governo ainda é instável após a guerra. Muitos criminosos ainda têm feridas do conflito anterior, e há grupos terroristas empenhados em vingar-se. Esta é a história de soldados fada à procura da sua própria justiça num mundo pós-guerra caótico.”

Fairy Gone

Expectativas

Bem esse primeiro episodio da segunda temporada de Fairy Gone, foi focado no passado da nossa heroína e sua relação com o duque de Kal-o, e mesmo sendo um passado triste como esperado graças aos flashbacks apresentados desde o inicio da obra não chega a criar empatia, algo esperado para esse anime. A produção está bem padrão, sem nenhum downgrade em relação a temporada passada, espero que mais respostas sejam dadas, mas de maneira mais impactante ao invés do que vem sendo mostrado. Nessa segunda parte descobrimos, porque nossa protagonista é “covarde” e o mais engraçado é que ela sempre aparentou ter um complexo de inferioridade mas tirando o último episódio da temporada passada ela nunca enfrentou isso. Espero que mude isso nessa nova temporada.

Nota:1/5 – Precisa melhorar muito

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of