Primeiras Impressões: Sonny Boy Será a melhor série do verão e qualquer outra coisa será uma grande surpresa...

Alex Kurt
Sonny Boy
©Sonny Boy

Ficha Técnica – Sonny Boy

Gênero: Drama, Sci-Fi, Superpoderes
Estúdio: MadHouse
Baseado em: Original
Data de Estreia: 15 de julho

Mais uma vez, a temporada começa com um pré-lançamento da Funimation. Desta vez é na verdade minha escolha favorita, Sonny Boy da Madhouse e Shingo Natsume. É meio estranho ter minha série mais esperada dando o pontapé inicial, que dirá uma semana antes – especialmente em uma temporada tão estéril como o verão de 2021 parece ser, essa série está carregando para mim uma expectativa muito grande. Quanto menos perspectivas reais você tiver em qualquer programação, menor será a dor da decepção. Não é atoa que deixei para fazer essa primeira impressão mais próxima da data oficial de lançamento. Para ter um tempo de degustação melhor desse primeiro projeto original do diretor de One Punch Man.

O início traz mais perguntas do que respostas, mas isso é esperado com este tipo de série. Mas logo, o próprio anime entrega seu paralelo direto entre ele e o lendário mangá de terror de 1972 de Umezu Kazuo, Kyoushitsu Hyouryuu (The Drifting Classroom). Eu sabia que haviam algumas semelhanças na premissa, mas elas acabaram sendo tão diretas que isso quase pareceu um remake – na verdade, The Drifting Classroom foi especificamente referenciado no anime. Suspeito que isso acabará sendo mais ou menos uma homenagem, e a história se desviará em sua própria direção.

Sonny Boy
©Sonny Boy

Na verdade, sempre me pareceu um tanto estranho que Kyoushitsu Hyouryuu nunca tenha tido um anime (ele teve uma adaptação de drama para TV em 2002) então, quem sabe, talvez ‘Natsume-sensei’ se sinta assim também. Desde o seu início, Sonny Boy me faz lembrar de um anime de 1990, e nada me faz mudar de impressão. Dos desenhos dos personagens de Eguchi Hisashi à premissa e direção austera de Natsume, dando ar de um anime fora do seu tempo – o que pode ou não ser irônico, dependendo das razões para o que veremos acontecer no decorrer da série.

Sinopse:

O drama conjunto de ficção científica gira em torno de 36 meninos e meninas. Em 16 de agosto, no meio de umas férias de verão aparentemente intermináveis, a estudante Nagara do terceiro ano do ensino fundamental, a misteriosa estudante transferida Nozomi e colegas de classe como Mizuho e Asakaze, são repentinamente transportados de suas vidas diárias tranquilas para uma escola à deriva em uma dimensão alternativa. Eles devem sobreviver com os superpoderes que despertaram dentro deles.

Expectativas:

Essa ideia central – adolescentes rebeldes abandonados à própria sorte contra um mundo desconhecido sem adultos para salvá-los – foi a base de um grande número de animes nos anos 90 e 2000. A maioria dos personagens são arquétipos na estreia, mas isso também é normal para esse tipo de história. Não está claro se os poderes são específicos para indivíduos ou apenas meio que pendurados no éter esperando para serem empregados, mas o garoto-estrela parece ter uma noção disso melhor do que qualquer outra pessoa. Nozomi é a outra condutora principal da trama. Impaciente com este mundo, ela decide pular da borda dele perseguindo uma pena, e isso parece fazer com que toda a escola seja transportada para uma ilha tropical. Isso significa que o segundo episódio será uma homenagem ao Senhor das Moscas?

Não se engane, Sonny Boy está totalmente de acordo com aquela vibração da velha escola. Como os fãs de Natsume Shingo sabem, ele é um técnico fenomenal, com a capacidade de extrair impacto máximo de bombástico mínimo (como fez em Boogiepop and Others, por exemplo). Está tudo na edição, na cinematografia, nas tomadas de reação, no design de som. Eu até senti um pouco de vibração de Ghost Hound nesta estreia, embora eu não tenha muitas esperanças de que Sonny Boy seja uma obra-prima nesse nível. Conseguiu muito bem o que esperava até aqui e, dadas as minhas expectativas, isso é realmente uma coisa muito boa. Continuo inclinado a acreditar que Sonny Boy será a melhor série do verão e qualquer outra coisa será uma grande surpresa.

Nota: 5,0/5,0

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willy Gabriel
Willy Gabriel
11 dias atrás

gostei muitíssimo da análise. Não consegui conter minhas altas expectativas mesmo antes da estreia. Depois de assistir o primeiro episódio acabei ficando mais empolgado ainda, de várias formas acredito que será uma ótima obra.

Last edited 11 dias atrás by Willy Gabriel