Hello World – Um filme que é muito Black Mirror Surpreendente e incrível, eis aqui um filme que mexe muito com nossas mentes e emoções

Bolinhodearroz
Hello World
©Graphinica / Hello World

Aqui estou eu, mais uma vez fazendo uma review de outro filme que mexeu demais comigo, como se fosse uma masoquista buscando algum tipo de autoflagelo emocional. Eu, realmente, deveria começar a assistir algo mais alegre.

Pois bem, hoje iremos falar um pouco sobre Hello World, uma produção lançada em setembro de 2020, pelo estúdio Graphinica e com o mesmo diretor de Sword Art Online, que foi um grande sucesso de bilheteria na China, ao contrário do seu lançamento nos cinemas japoneses que não chamou tanta atenção assim.

Tudo começa no ano de 2027, com o tímido e passivo Katagaki Naomi que vive uma vida normal de estudante, buscando seguir sua vida e passar por cima desse seu jeito submisso, mas embora vemos ele tentar de tudo para conseguir mudar, parece que nunca consegue se impor. Essa forma de agir fica ainda mais perceptível quando ele conhece a impetuosa Ichigyou Ruri, uma garota linda que sabe se estabelecer e manter uma autoridade que ele não consegue, por isso Naomi não consegue tirar sua atenção dela em nenhum momento.

Hello World
©Graphinica / Hello World

Pensamos que seria mais uma história de um romance iniciado pela convivência lenta e gradual entre dois opostos, porém, já no início do filme, algo surreal (e bem psicodélico) acontece com ele que muda completamente sua vida e faz com que algo que ele nunca pensou na possibilidade se tornasse real e transformasse o que ele achava que seria uma vida tranquila.

Hello World fala sobre um lindo romance, não apenas entre o Katagaki e a Ichigyou que vemos conviver durante a primeira metade do filme, o que presenciamos é um amor incondicional entre um Katagaki e uma Ichigyou que existe muito além do que enxergamos. Da maneira que coloco já parece bem profundo, mas a história é muito mais reflexiva que isso, de tal forma que só conseguimos entender realmente o que está acontecendo apenas no final.

Esse filme pode ser considerado como uma excelente sensação para quem o assiste e por conta de diversos fatores que, somados, formam uma produção sensacional. Durante a história somos apresentados a uma tecnologia que foi avançando tanto a ponto de ser possível criar um mundo virtual idêntico ao mundo real, como uma forma de “registro”, mas não apenas isso, também é abordado de uma forma muito criativa e diferente o conceito de “viagem no tempo”. Então, para quem assistiu, pode até dizer que todo o enredo é aquilo que costumamos chamar de “muito Black Mirror”.

Hello World
©Graphinica / Hello World

Assim o filme vai se passando com a vida de Katagaki virando do avesso, com o único intuito de conhecer e namorar uma garota, embora essa seja uma desvantagem, por tratar a Ichigyou apenas como um “objetivo” e não uma personagem principal.

Longe de ter o mesmo carisma e química entre os personagens que outros longa-metragens sobre romance que foram lançados nos últimos anos, não digo que Hello World é um filme perfeito, porém suas várias qualidades fazem com que seja uma fantástica e insuperável experiência em que nada é realmente o que parece.

Para quem está assistindo, pode até não parecer, mas quando finalizamos o filme percebemos que tudo foi minuciosamente calculado para alcançar o ápice que se chegou, nos entregando uma narrativa perfeita, toda cheia de plot twists incríveis. O enredo aqui começa de uma forma, mas se subverte para tantas linhas inimagináveis que nos perdemos em cada contexto e cada momento chave.

Hello World
©Graphinica / Hello World

Em determinado ponto do filme, após tantas reviravoltas absurdas e impressionantes, comecei a não entender mais nada, assim como foi em Paprika (já analisado aqui), então já estava me preparando psicologicamente para rever ele, pois foi assim que consegui entender as grandes loucuras de Paprika e imaginei que conseguiria nesse também.

Porém, assim como Naruto sempre dá a volta por cima, o enredo desse filme deu também uns belos saltos e cambalhotas que começou a fazer algum sentido e quando finalmente chegou em seu final, minha mente explodiu com o insano e impressionante plot twist que deixou tudo muito mais fácil de entender.

É impressionante como um único filme consegue ter tantas reviravoltas e um enredo tão complexo sem apresentar inúmeros furos em seu decorrer, pois o que vemos, à medida que o filme segue, é tudo se resolver de uma maneira muito orgânica e com plot twists inacreditáveis. Quando pensamos que tudo está alinhado de uma determinada forma, acontece algo que muda drasticamente o ritmo da história e tudo vira de ponta cabeça que nem os espectadores conseguem acompanhar, nos exigindo muito mais tempo para processar o que aconteceu ali.

Hello World
©Graphinica / Hello World

Com uma trilha sonora incrível, muito bem empregada em todos os momentos, efeitos de animação sensacionais (todo feito em CG), Hello World superou completamente minhas expectativas e fez minha atenção ficar totalmente conectada em seu enredo durante toda a sua duração de 1h e 30min. Esse é um filme que mistura romance, ação e ficção científica de uma forma espetacular, mas que surpreende de uma maneira tão orgânica que a sensação que temos quando termina vai muito além do que o nosso cérebro pode entender.

A única coisa que eu sei é que ainda estou aqui tentando me recuperar desse filme (se bem que não é nenhuma novidade, porque ainda estou tentando me recuperar de todos os outros que falei aqui também). Não que ele tenha um final triste, mas sim sobre todo o conjunto de emoções e sensações que ele traz.

Hello World
©Graphinica / Hello World

Então fica aqui essa recomendação, pois embora ele mexa muito com o nosso coração e as nossas emoções, esse filme termina com um “final feliz” e até que nos deixa com um sorriso no rosto, quando finalmente entendemos tudo. Deixem aí nos comentários se já assistiram e o que acharam para que mais pessoas conheçam essa incrível obra que é Hello World.

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
willianpm
willianpm
13 dias atrás

Lendo seu texto, deixou a impressão pra mim que se parece com Your Name. Fiquei com vontade de assistir, uma pena não existir esse filme em algum serviço de streaming mais acessível.

Last edited 13 dias atrás by willianpm