Japão irá decretar estado de emergência por causa do Covid-19 O número de casos cresceu bastante em Tóquio

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
Japão
©Shinzo Abe

Segundo informações do NHK World, o Primeiro Ministro do JapãoShinzo Abe, pretende decretar nesta terça-feira (07) estado de emergência em sete prefeituras durante o período de um mês por causa do surto de Covid-19 (novo coronavírus).

O estado de emergência será decretado nas prefeituras de Tóquio, Kanagawa, Saitama, Chiba, Osaka, Hyogo e Fukuoka e o Primeiro Ministro não planeja pedir um bloqueio total, mas espera manter o transporte público, supermercados e serviços essenciais abertos. A decisão final sobre o decreto de estado de emergência será realizada em uma reunião de Shinzo Abe com especialistas em saúde pública.

Através do decreto de estado de emergência os governadores das prefeituras poderão pedir para a população evitar sair de suas casas, solicitarem o fechamento de escolas, restringir a abertura de varejo ou locais de aglomeração e solicitar terrenos ou edifícios para a construção de instalação medicas.

Nas últimas duas semanas o número de contágio aumentou no Japão, principalmente na cidade de Tóquio, que neste domingo registrou 148 novos casos de Covid-19. A governadora de TóquioYuriko Koike, solicitou neste último final de semana para a população adotar o home office e evitar saídas não dispensáveis.

Fonte:Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
dan
dan
10 meses atrás

O que salvou o Japão e Coreia de explosão de casos, mesmo sendo vizinhos da China é o uso corriqueiro das máscaras, sejam as descartáveis ou laváveis por boa parte da população, seja pra fins de proteger do pólem, de algum resfriado sazonal, alergia ou mesmo da fuligem da poluição, mas mesmo assim, acho que foi um tanto tardia a medida do governo japonês, que deveriam ter feito isso mais ou menos quando Coreia do Sul ainda estava em níveis de surto do Covid-19.

Talvez não irá subir mais do que está nas grandes cidades japonesas e nem irá chegar nas pequenas cidades rurais, onde tem muito mais idosos, pois muitas delas são bem isoladas e ligadas até por uma só estrada e nem tem as vezes turismo, como ocorre nas vilas italianas.

E talvez será um dos países que irá ter menos casos, mesmo que o “menos” aí vai ser tentar ficar na casa dos 100 mil casos até o fim da pandemia. Mas o importante é não deixar o sistema de saúde lotado e encontrarem os medicamentos que consigam evitar complicações que levem a morte de pessoas, pois isso é um dos motivos assustadores em relação a pandemias anteriores da história recente.

WendyFran
WendyFran
10 meses atrás

Espero q n adiem os animes ;-;

trackback

[…] a temporada de animes que começam em julho de 2020. Segundo ele, com o crescimento de casos e a declaração de estado de emergência por causa do Covid-19 no Japão podem afetar diretamente as produções dos animes da temporada de verão […]

trackback

[…] local à lista de prefeituras em estado de emergência. O primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, declarou estado de emergência em sete prefeituras na terça-feira passada (7/04), incluindo Osaka e Hyogo (ambos vizinhos a Quioto) e Tóquio. O governador da prefeitura de […]

trackback

[…] para os novos episódios da série foram canceladas para proteger o elenco da Covid-19. Nessa terça (09/04) foi decretada estado de emergência no Japão durante um mês devido à nova d…. Tóquio, onde o estudo de gravação é localizado, é um dos locais onde foi restringindo a […]

trackback

[…] para os novos episódios da série foram canceladas para proteger o elenco da Covid-19. Nessa terça (09/04) foi decretada estado de emergência no Japão durante um mês devido à nova d…. Tóquio, onde o estudo de gravação é localizado, é um dos locais onde foi restringindo a […]

trackback

[…] declarou anteriormente um estado de emergência em Tóquio, Kanagawa, Saitama, Chiba, Osaka, Hyogo e Fukuoka, de 7 de abril a 6 de maio. O […]