Kimetsu no Yaiba: Mangá já tem mais de 60 milhões de cópias O sucesso do mangá chegou em pouco tempo

aaronc5578
(redator de noticias)
Kimetsu no Yaiba
© Kimetsu no Yaiba

Todos nós sabemos que o mangá Kimetsu no Yaiba terminará em breve. Mas, o sucesso do mangá só aumenta a cada dia. E no dia 13 de maio deste ano, será lançado o vigésimo volume da obra, com milhões de cópias, e fará o mangá ter mais de 60 milhões de cópias no total.

Vale lembrar que o mangá tinha 3,5 milhões de cópias a venda em abril de 2019, quando a adaptação para anime estreou.

Shueisha confirmou que o mangá foi o mais vendido de 2019, perdendo apenas para o grandioso de Eiichiro Oda, One Piece.

Sinopse:

Desde os tempos antigos, abundam os rumores sobre demônios devoradores de homens à espreita na floresta. Por causa disso, os moradores locais nunca se aventuram externamente durante a noite. Diz a lenda que um matador de demônios também perambula pela noite, caçando esses seres sanguinários. Para o jovem Tanjirou, esses rumores logo se tornarão sua dura realidade … Desde a morte de seu pai, Tanjirou assumiu a responsabilidade de sustentar sua família. Embora suas vidas tenham sido endurecidas pela tragédia, eles encontraram a felicidade. Mas esse calor efêmero um dia é destruído, quando Tanjirou encontra sua família abatida e a única sobrevivente, sua irmã Nezuko, se transformou em um demônio. Para sua surpresa, no entanto, Nezuko ainda mostra sinais de emoção humana e pensamento … Assim começa a busca de Tanjirou para lutar contra os demônios e transformar sua irmã em humana novamente.

 

Fonte: Aqui

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] do mangá Kimetsu no Yaiba (Demon Slayer) de Koyoharu Gotouge que dia 13 vai passar a ter mais de 60 milhões de cópias. Em tweet, o autor reconheceu a importância do mangá para a indústria e para a nova leva de […]