Prêmio Cultural Osamu Tezuka: ganhadores da 22ª edição anunciados A popularidade de Beastars e Golden Kamuy está crescendo a nível exponencial no mundo dos mangás.

Vitor Nascimento
(Podcaster)
@ifusic
Osamu Tezuka
©Osamu Tezuka Cultural Prize/Astro Boy

O Prêmio Cultural Osamu Tezuka é concedido anualmente para os melhores mangás e mangakás publicados recentemente. O prêmio consiste em uma cerimônia em Tóquio onde 2.000.000 de ienes (U$20.000) são entregues ao grande ganhador e 1.000.000 de ienes (U$10.000) para os vencedores das outras categorias. O evento é patrocinado pelo jornal Asahi Shinbun e o nome é uma homenagem ao autor de mesmo nome do mangá clássico Astro Boy. Osamu Tezuka foi considerado por muitos o “deus dos mangás”. Ele foi presidente do júri até seu falecimento em 1989. A primeira cerimônia do prêmio ocorreu em 1997.

Assim como outras premiações de mangás, os indicados são escolhidos por críticos e funcionários de lojas famosas de mangás do Japão. A cerimônia de premiação oficial será no dia 7 de junho no Hamarikyuu Asahi Small Hall em Tsukiji, Tóquio.

Vencedores do Prêmio Cultural Osamu Tezuka:

  • Grand Prize: Golden Kamuy, por Satoru Noda (ganhou um anime e foi indicado a melhor mangá no Crunchyroll Awards)
  • Prêmio de obra estreante: Beastars, por Paru Itagaki (já ganhou o prêmio de melhor mangá do Japão)
  • Prêmio de obra curta: Oya-san to Boku, por Tarou Yabe
  • Prêmio Especial: Tetsuya Chiba foi premiado por publicar Hinemosu no Tari Nikkium curto mangá totalmente colorido que lançou na revista Big Comics da editora Shogakukan. Foi seu primeiro trabalho em 18 anos.

O mangá Yakusoku no Neverland, escrito por Kaiu Shirai e ilustrado por Posuka Demizu, empatou com Golden Kamuy. O vencedor foi escolhido através de recomendações, que determinaram o desempate.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.