Review: One Piece World Seeker Confira ao review do mais novo lançamento da Bandai

Ana Paula
(redatora de noticias)
One Piece World Seeker
©One Piece World Seeker

Ficha Técnica – One Piece World Seeker

Desenvolvedora: Ganbarion
Distribuidora: BANDAI NAMCO Entertainment
Lançamento: 15 de março de 2019
Plataformas: PlayStation 4, Xbox One e PC
Gênero: RPG de ação

One Piece World Seeker é o primeiro jogo de mundo aberto da franquia com uma história original e o retorno de vários vilões já conhecidos da série além de toda a tripulação do Thousand Sunny.

Gráfico:

Como na maioria dos jogos baseados em anime os gráficos são mais cartunizados, mantendo os visuais e ataques especiais fiéis a obra original.

One Piece World Seeker
©One Piece World Seeker

Gameplay e Personalização:

A jogabilidade é bem fluida, com muita diversão e boas batalhas, apesar dos golpes recebidos não darem tanto dano ao jogador até o capitulo 8, facilitando o avanço no jogo. Os combates são no sistema corpo-a-corpo, muito simples, e os golpes são focados em combos. Um ponto negativo é que o único personagem jogável do jogo é o capitão Luffy, os demais personagens só servem como guias durante a jornada. E a personalização é um pouco limitada a desbloquear novas habilidades para Luffy, usando pontos ganhos ao derrotar inimigos, completar missões ou ao abrir baús de tesouro especiais.

One Piece World Seeker
©One Piece World Seeker

Personagens:

Além dos já conhecidos personagens do anime que incluem a tripulação do Thousand Sunny e alguns rivais como Germa 66, Buggy e Kizaru, dois novos foram adicionados ao jogo: Issac (O comandante de Prison Island) e Jeanne ( Líder do grupo de resistência contra a Marinha). Porém nenhum deles é jogável e servem só para a história.

One Piece World Seeker
©One Piece World Seeker
One Piece World Seeker
©One Piece World Seeker

História do Jogo:

Luffy e os Piratas do Chapéu de Palha exploram uma misteriosa ilha chamada Prison Island em busca de um tesouro perdido. No entanto, a busca se torna uma jornada de sobrevivência quando Luffy descobre que tudo era uma armadilha para capturar ele e seus amigos. Após alguns contratempos, Luffy é separado dos Chapéus de Palha e conhece uma moradora local, Jeanne. Ela explica a história da ilha que um dia foi conhecida como Jewel Island e que hoje vive sob o regime autoritário da Marinha. Com isso, Luffy habilita-se a ajudar Jeanne e os moradores do local, iniciando assim uma grande aventura.

One Piece World Seeker
©One Piece World Seeker

Considerações Finais:

Com as mecânicas costumeiras de outros jogos de anime como da série Naruto, gráficos bonitos e fieis a obra de inspiração, jogabilidade simples e uma história totalmente nova, o jogo de One Piece World Seeker é uma ótima pedida para os fãs da série.

PS: O game foi testado e analisado no Playstation 4, onde teve um ótimo desempenho.

Nota Final
  • 9/10
    Ana (Redatora de Notícias) - 9/10
9/10
SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Carlos Will Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Carlos Will
Visitante
Carlos Will

pensando bem, tem tanto anime que dá pra fazer um jogo maravilhoso