86: Eighty-Six – Autora recomenda não ler o primeiro volume da light novel original Para quem viu só o anime não tomar spoilers do que virá...

Ana
(Supervisora da redação)
@anapnf
86: Eighty-Six
©86: Eighty-Six

Por meio de sua conta oficial no Twitter, a autora das light novels 86: Eighty-Six, Asato Asato, aconselhou as pessoas que só viram a adaptação animada a não ler o primeiro volume da obra original, o qual não foi totalmente adaptado.

“Para os telespectadores do anime, o décimo primeiro episódio fechou a primeira parte da adaptação, mas o volume original ainda não está totalmente adaptado! Portanto, se você apenas assistiu ao anime, mas não leu a história original, não leia depois da página 321 do primeiro volume! Por outro lado, se você está preocupado com spoilers, então este intervalo é perfeito para você ler a obra original! ”, Escreveu ela.

“É claro que, como autora do trabalho original, ficarei mais do que grata que as pessoas leiam meu trabalho também, mas por outro lado, também quero que as pessoas que conheceram esse trabalho através do anime, possam conhecer plenamente. Então, se você estiver interessado, por que não compra os volumes e os mantém armazenados até o fim do anime?” Ela continuou. “É difícil fazer recomendações porque não quero estragar nada que vá ao ar depois ou o desenvolvimento da narrativa. Eu não posso te dizer quais capítulos do romance você pode ler, então tudo que posso dizer é que espere o anime terminar para lê-lo.” Ela terminou.

Os primeiros onze episódios da adaptação animada de 86: Eighty-Six, na verdade, apenas adaptaram grande parte do primeiro volume da obra inteira. Não exatamente por serem grandes volumes, mas porque a produção realmente levou a sério o fato de expandir o conteúdo, agregando momentos e conteúdos originais. Em relação aos romances, verifica-se que o primeiro volume contém dois epílogos, ambos com conteúdos que estragariam a narrativa para quem apenas viu o anime até agora.

A primeira parte foi ao ar durante a temporada de primavera de 2021 (abril-junho) e teve onze episódios, com uma segunda parte com data de lançamento ainda a ser confirmada.

Sinopse:

A República de Santa Magnólia.

Este país há muito está sitiado por seu vizinho, o Império Giadiano, que criou uma série de drones não tripulados chamados Legião. Depois de anos de pesquisa meticulosa, a República finalmente desenvolveu seus próprios drones autônomos, transformando a luta unilateral em uma guerra sem baixas – ou pelo menos, é o que o governo afirma.

Na verdade, não existe guerra sem sangue. Além dos muros que protegem os oitenta e cinco territórios da República está o “inexistente” “Setor Oitenta e Seis”. Os jovens homens e mulheres desta terra abandonada são marcados como ‘Os Oitenta e Seis’ e, despojados de sua humanidade, lideram as armas ‘não tripuladas’ para a batalha…

Shinn dirige as ações de um destacamento de Oitenta e Seis jovens no campo de batalha. Lena é uma ‘manipuladora’ que comanda o destacamento da retaguarda remota com a ajuda de uma comunicação especial. Começa a história de despedida da dura e triste luta desses dois!

Mais sobre:

Asato Asato começou a publicar as novels em abril de 2017 por meio da editora Dengeki Bunko da KadokawaShirabi (Musaigen no Phantom World) e o artista I-IV (Aldnoah.Zero, Re: Creators) foram os responsáveis ​​pelas ilustrações.

Fonte: Aqui!

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE. COMENTE AQUI!
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião
deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments